Zona Norte

A poucos dias do Natal, comércio da região é boa opção de compras

Com a proximidade das festas de fim de ano, começa a temporada de compras, para presentear ou agradar alguém. Afinal, chega a ser quase impossível não relacionar este período com o consumo de presentes.

De acordo com especialistas na área de economia, a principal dica para não gastar mais do que se pode e diminuir a frustração no final das compras, é sair de casa sabendo quanto pode consumir, para quem comprar e o que deseja comprar. Planejar é a melhor alternativa para não se endividar.

Uma boa sugestão é fazer as compras em seu próprio bairro, evitando assim transtornos como trânsito, transporte público lotado e tumulto. Outra vantagem é que se for preciso trocar o presente, facilita bastante o fato de a loja estar perto de casa.

Mas isto não é problema para quem trabalha e mora na zona norte, pois a região oferece enorme variedade de escolha. Aqui, é possível encontrar presentes e lembranças para todos os bolsos, que cabem nos diferentes orçamentos, tanto no comércio de rua e em seu entorno, como nos shoppings existentes na região, polos de concentração de grandes redes de lojas, magazines e supermercados.

Ruas, avenidas e shoppings

Para não precisar atravessar a cidade em busca de algum presente, temos importantes vias de comércio intenso e variado, como: Voluntários da Pátria, Tucuruvi, Nova Cantareira, Leôncio de Magalhães, Engenheiro Caetano Álvares, Imirim, Guilherme Cotching, César Castiglioni Jr., Roland Garros, entre outras.

Outra opção são os shoppings, que além das decorações natalinas e horários estendidos, apostam nos sorteios de fim de ano para atrair os consumidores e alavancar as vendas. Os prêmios vão desde carros e viagens, até distribuição de espumantes.

Com a promoção, os shoppings esperam aumento no volume de vendas, em relação ao ano passado. A boa expectativa também é relacionada a uma redução da inadimplência após o pagamento do 13o salário. Para participar dos sorteios, os consumidores precisam gastar o valor estipulado pelos shoppings.

Gastronomia

Já para o preparo da ceia natalina, todos podem contar com os mercados municipais, “sacolões” e hipermercados repletos de frutas, verduras, peixes e guloseimas natalinas fresquinhas. Soma-se a todo esse conforto e facilidade a diversidade gastronômica. Nesse segmento, a zona norte oferece restaurantes com pratos típicos das cozinhas brasileira e internacional, incluindo as bebidas e as sobremesas, os lanches e os petiscos. Tudo isso com mais uma grande vantagem: a ceia de natal já pode ser encomendada, com todas as mordomias de ser entregue pronta e a gosto, quente e na hora marcada.



Topo