Pede Providências

Acidentes frequentes no cruzamento da avenida Sanatório revolta moradores

Na semana passada os moradores que ficam próximo do cruzamento entre a avenida Sanatório com a rua Francisco Peixoto Bezerra acompanharam mais um acidente no trânsito, desta vez envolvendo dois veículos.

As fotos chegaram a nossa redação junto com o depoimento de moradores do local, sendo um deles o da Cristiane Andrade, no qual revelou que a “ocorrência [de acidentes] acontecem quase que sempre por aqui [no cruzamento]”.

Segundo o relato da moradora, os acidentes não estão restritos apenas aos veículos: “crianças já foram atropeladas alguns anos atrás. Ficou na cadeira de roda por um bom tempo”. No entanto, a Cristiane também descreveu outro caso, desta vez com final mais trágico, no qual uma criança, que estava no colo de sua mãe, acabou morrendo após ter sido atropelada por uma moto.

Além dos acidentes, a moradora revela que é comum observar carros e motos disputando racha, tanto ao longo do dia como nas madrugadas. Uma sugestão apresentada por Cristiane é que a Prefeitura coloque lombadas nas duas ruas a fim de evitar os acidentes e forçar com que os veículos diminuam a velocidade.

Congestionamento causado pelo acidente no cruzamento avenida Sanatório com a rua Francisco Peixoto Bezerra

O que diz a CET?

Em nota, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) afirmou que “um agente fará uma vistoria para verificar a necessidade de implantação de sinalização no cruzamento entre a avenida Sanatório com a rua Francisco Peixoto Bezerra”.

Segundo o órgão, no Sistema de Acidente de Trânsito (SAT) havia registrado apenas um acidente, sendo ele no ano de 2016. No entanto, os moradores contestam esse resultado. Foi pensando nisso que Cristiane resolveu registrar o acidente na semana passada: “acho importante eles [Prefeitura] saberem que ocorrência [de acidentes] acontecem quase que sempre por aqui, só não é computada pela Polícia, CET e Prefeitura.”

Fotos: Cristiane Andrade/Arquivo Pessoal




Warning: A non-numeric value encountered in /home/jornalspnorte/www/wp-content/themes/jornalspnorte/footer.php on line 3
Topo