Ao menos 21 pessoas morrem em consequência da onda de frio nos EUA

0
14

Ao menos 21 pessoas morreram em consequência de uma onda de frio histórica nos Estados Unidos. Além disso, milhões de pessoas sem energia elétrica na terça-feira (16).

Quatro das vítimas morreram em um incêndio na cidade de Sugar Land, no estado do Texas. A casa estava sem energia e a família tentou esquentar o ambiente com fogo.

As autoridades pedem para que as pessoas não levem aquecedores a propano para dentro de casa e nem churrasqueiras portáteis.

As mortes aconteceram no Texas, Louisiana, Kentucky e Missouri. O presidente Joe Biden afirmou que o governo federal poderá ajudar os estados.

O prefeito de cidade de Houston, no Texas, afirmou que 1,3 milhão de pessoas de sua cidade estão sem energia elétrica.

A campanha de vacinação contra a Covid-19 também foi paralisada, e não deverá voltar antes do fim de semana.

De acordo com o Serviço Meteorológico dos Estados Unidos, a culpa da onda de frio fora do comum é de um “surto ártico” originado pouco acima da fronteira entre EUA e Canadá.

Os EUA estão cobertos por uma massa de ar ártico, e isso tem feito as temperaturas caírem drasticamente. No Nebraska, foi registrada a temperatura de -35ºC.

A expectativa é que a onda de frio prossiga até a sexta-feira. Há previsão de mais neve e chuva gelada.