Argentinos se despedem de Diego Maradona; inicio de velório tem confusão

0
47

O corpo de craque argentino Diego Armando Maradona, morto nesta quarta-feira (25), começou a ser velado por volta das 6h desta quinta-feira (26) na Casa Rosada, a sede do governo da Argentina.

No início, a entrada de admiradores do ex-jogador foi marcada por pequenos tumultos devido à quantidade de pessoas. Houve empurra-empurra e aglomeração.

O caixão de Maradona estava fechado, coberto com uma bandeira da Argentina e uma camisa 10 do Boca Junios, clube do qual é ídolo.

No lado de foro, torcedores choravam e cantavam em homenagem ao ídolo.

O enterro será nesta quinta (26) em um cemitério na periferia de Buenos Aires, onde seus pais estão enterrados, segundo o porta-voz do Maradona.

Por volta das 7h30, houve um princípio de confronto entre a polícia e torcedores que foi controlado. Algumas grades que cercam a Casa Rosada chegaram a ser arremessadas por torcedores.

O presidente da Argentina esteve presente no velório.O governo declarou luto oficial de três dias, e estima-se que cerca de 1 milhão de pessoas participem do funeral.