Brasil

Barragem se rompe na Bahia, 350 famílias deixaram suas casas

Na manhã de quinta-feira aconteceu uma falha na barragem do Quati, em Pedro Alexandre (BA). A água atingiu o município vizinho Coronel João Sá. Juntas, as duas cidades têm aproximadamente 35 mil moradores.

Segundo informações da Defesa Civil do município, parte da barragem se rompeu devido as fortes chuvas que caem na região. Ainda não há uma confirmação oficial de mortos e feridos.

O prefeito de Coronel João Sá, Carlinos Sobral, decretou estado emergência no município. De acordo com o gestor municipal, parte da cidade, que fica perto do rio, está inundada e só hoje as águas começaram a baixar. Ele informou que 500 famílias estão desabrigadas e são atendidas no ginásio local.

O aviso para que os moradores saíssem de suas casas veio pela rede social do próprio prefeito, no vídeo ele fala que “não sabe ainda das consequências [do rompimento da barragem], porque nunca passamos por ela”. No mesmo vídeo, ele disse que “desde cedo está monitorando e falando com todos os secretários, justamente para tentar amenizar e ajudar no que for preciso”.

O  Ministério do Desenvolvimento Regional emitiu nota informando foi enviado alerta pelas equipes do Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad) via SMS para a população do local, reportando o risco de atingimento do município e recomendando a evacuação das áreas próximas ao rio.

O Corpo de Bombeiros de Paulo Afonso e as equipes da defesa civil estão sendo deslocadas para a região. Além disso, as equipes de monitoramento e operações do Cenad estão em contato com os agentes locais para avaliar a necessidade de apoio complementar por parte do governo federal.

As equipes estaduais estão preocupadas com o risco de chegada da onda de cheia à barragem do Gasparino, que possui grande reservatório de água e que já está com todas as comportas abertas.

*Com informações da Agência Brasil

Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros de Paulo Afonso



Topo