Carnaval 2018

Fim de festa: últimos blocos desfilam na região neste fim de semana

Há muito tempo, pular carnaval deixou de ser apenas em fevereiro. Com o passar dos anos, os blocos de rua caíram no gosto do paulistano – e dos milhões de turistas que encontraram em São Paulo nada de “túmulo do samba”, como disse aquele poeta – e, agora, já fazem parte da agenda do folião.

Além das escolas de samba, que já estão ensaiando desde a metade de 2017, os blocos já se preparam para invadir as ruas da capital. Alguns, como o tradicional Bloco Urubó, da Freguesia, já promoveram “esquentas” para a folia. Confira abaixo alguns dos blocos que vão desfilar pela Zona Norte e, assim que a programação for atualizada e divulgada por completo, vamos adicionando por aqui.

A programação completa do carnaval de rua na cidade está disponível AQUI. Além dos cortejos nas ruas, a Prefeitura instalou palcos em várias regiões da capital. Neste ano, o número de blocos cresceu 27%, saltando de 391 em 2017 para 493.

17/2 (sábado)

Bloco do Pequeno Burguês (Santana)

foto: Bruno Viterbo

Um dos blocos que mais cresce na Zona Norte, o Pequeno Burguês desfila nas proximidades da estação Jardim São Paulo do Metrô. Em 2018, o homenageado é Tim Maia, com o tema “Profecia Maia – O carnaval do fim do mundo chegou”. O Pequeno elege o “Síndico” como o profeta, que “ressurge” para explicar mal-interpretado fim do mundo em 2012.

Para o bloco, o fim do mundo “acabaria aos poucos”, diante de tantas crises na vida dos brasileiros. Eis que surge Tim Maia – que partiu para as estrelas há 20 anos – para embalar a folia do fim do mundo, com samba e alegria.

O esquenta da festa começa com o Pagode do Pequeno e, depois, segue pelas ruas do bairro até as 18h.

Onde: Rua Carlos Laet (ao lado do Metrô Jardim São Paulo)
Que horas: das 12h às 18h
Quanto: camisetas temáticas à venda por R$ 30 (ou duas por R$ 50), na A Liga Gelada (Rua Estefânia Louro, 254).

Poetas do Morro (Brasilândia)

O bloco tem uma bateria feita de material reciclado (balde, tambor, cd, garrafas etc). A intenção é trabalhar com a comunidade para fazer um trabalho de conscientização com o nosso meio ambiente. É formado por uma maioria de adolescentes da comunidade, assistidos pelo bloco afim de oferecer um futuro melhor.

Onde: Rua Jesuino Antonio Batista
Que horas: 15h

Unidos de Vila Cavaton

Dez anos atrás um grupo de amigos,junto com a Associação do Bairro se reuniram numa brincadeira e começaram a desfilar pelas ruas do bairro,chamando as pessoas para se divertir , já que não podiam viajar e nem se divertir,já que não temos lazer. Antes o bloco se chamava “Bloco do Buraco do Neco” , em 2016 mudamos para “Bloco Buraco do Sapo” para homenagear o bairro: Que seu apelido é Buraco do Sapo. Agora em 2017 resolvemos mudar seu nome para “Grêmio Recreativo Unidos da Vila Cavaton” que vem se firmando como grande lazer para o Bairro.

Onde: Rua Armando Guzzi , 106
Que horas: 13h

Carnatchan (Santana)

Onde: Av. Santos Dumont entre av. Gal Pedro Leon Schneider e Praça Heróis da FEB
Que horas: 13h

Boêmios da Madame (Água Fria)

Os “Boêmios da Madame” é uma alusão ao Bloco Boêmios da Madama da cidade de Niterói-RJ. O bloco deu origem a uma das escolas de samba mais queridas por lá, a Acadêmicos de Cubango. Um bloco que segue a linha do samba de enredo, para que o folião não se preocupe com quesitos de julgamento, e atua na linha da cultura afro brasileira, exaltando o negro e suas culturas, raízes e seus ancestrais. O Boêmios da Madame não é só carnaval: também tem em mente projetos sociais para ajudar a melhorar a vida da sua comunidade.

Onde: Av. Eng. Caetano Álvares entre R. Meirelles Reis e Irmão João Creff
Que horas: 14h

Aí Se Me Perdeu (Limão)

Idealizado em 2013 por um grupo de familiares e amigos, suas atividades carnavalescas se deram efetivamente em 01 de outubro de 2015, através da comunidade da Casa Verde (Parque Peruche) e vários componentes de agremiações do Carnaval Paulistano de cada canto de São Paulo, todos com um só objetivo: resgatar o carnaval de rua, além de realizar o ano inteiro atividades sócio-culturais e de apoio a organizações carentes. ​

Onde: Praça Canaã / Rua Rocha Lima / Rua Glauco Velasquez / Rua Diogo de Oliveira/ Rua Brigadeiro Xavier de Brito / Rua Madalena Madureira / Praça Canaã
Que horas: 13h

Marcelo Leme Parque Peruche

Este bloco teve início em 2015 com a união dos moradores do bairro juntamente com a associação de moradores e com o movimento pela Casa de Cultura do Parque Peruche. Devido a várias atividades culturais realizadas no espaço cultural, em comum acordo, o bloco leva o nome de Marcelo Leme (in memorian) como homenagem a um dos pioneiros pelo movimento em prol de uma casa de cultura para os moradores do bairro.

Onde: Rua Gabriel Covelli / Rua Anisio Moreira / Rua Armando Coelho da Silva
Que horas: 16h

Bloco Azaração Casaverdense

Novidade nas ruas da Casa Verde! Criado ainda em 2017, o Azaração Casaverdense terá seu lançamento oficial no próximo sábado (20/1), a partir das 13h, na Rua Zara, 91. Nessa pré-folia, o bloco vai apresentar o pavilhão, a rainha e princesa, cantar marchinhas clássicas e venda de abadás. Já o batismo do bloco vai rolar na quadra da Império de Casa Verde (Av. Eng. Caetano Álvares, 2.042), ainda no sábado, a partir das 23h.

No dia do bloco, a folia vai rolar na Praça José Tomaselli e fará o trajeto pelas ruas Zanzibar, Horário Rudge, Bernadino Fanganiello, João Rudge, e retornando à praça para a dispersão. Além do desfile, o espaço terá praça de alimentação, bares e brinquedos para a diversão da criançada.

Onde: Praça José Tomaselli
Que horas: das 13h às 20h
Quanto: R$ 20 (lote promocional e 1 kg de alimento), R$ 30 (1o lote)

 

18/2 (domingo)

Bloco da Tia Ruth (Vila Nova Cachoeirinha)

O bloco estreia na folia usando instrumentos que simulam os sons dos originais, só que criados em softwares digitais. É a tecnologia aliada à folia, com gráficos de modelagem 3D e marcenaria digital. programas de computação “desenham” os bumbos e tambores e, depois, são replicados para a marcenaria convencional. As criações foram feitas em parceria com o Fab Lab Livre SP, uma rede de laboratórios públicos que permite projetar diversos objetos, por meio de impressoras 3D e softwares.

A folia no CCJ também inclui cursos que aproximam os moradores da região ao processo criativo do carnaval: são realizadas oficinas de samba, percussão e criação de fantasias. Tudo isso vai integrar e organizar o Bloco da Tia Ruth.  Confira AQUI a matéria completa sobre o bloco!

Onde: Av. Deputado Emílio Carlos, 3641 (Centro Cultural da Juventude)
Que horas: 14h

AkiÓ (Freguesia)

O Bloco Akió é um coletivo de música reggae voltado ao Carnaval de Rua de São Paulo criado em março de 2017. O objetivo central do bloco é levar cultura livre e de qualidade através da alegria, boa vizinhança e solidariedade. A grande missão do bloco é difundir a cultura reggae através da música e consolidar o bairro da Freguesia do Ó como um dos principais circuitos do Carnaval de Rua na Zona Norte de SP.

Onde: Largo Matriz de Nossa Senhora do Ó
Que horas: 13h

My Chama que eu Vou (Jardim Felicidade)

Onde: Rua Padre Guido Del Toro
Que horas: 14h

Bloco do Chocolatte (Vila Maria)

Roda de samba, pagode e sambas de enredo, marchinhas, sorteio de brindes, concurso de melhor fantasia, praça de alimentação, batucadas das agremiações do carnaval, e um pouco de axé, sertanejo, frevo e maracatu: assim será a folia do Bloco do Chocolatte, que tem a “bênção” da Unidos de Vila Maria.

A folia será realizada perto do Mart Center. Para pular o carnaval é grátis, mas o bloco pede a doação de 1 kg de alimento não perecível.

Onde: Rua Chico Pontes, 1.500 (próximo ao Mart Center)
Que horas: a partir das 12h
Quanto: 1 kg de alimento não perecível

 

Bloco da Lua Roxa (Moinho Velho)

Onde: Praça Dona Amália G. Solitari
Que horas: 15h

Viracopo Tucuruvi

Bloco de rua, com ações sociais para a comunidade do bairro do Tucuruvi, Vila Mazzei e outros, com intuito de alegrar a comnunidade do bairro.

Onde: R. Maria do Carmo Cene, R. Mal. Eurico Gaspar Dutra e R. Pedro Cadunda
Que horas: 14h

________________________________________________________________________________

QUEM FOI, FOI! VEJA OS BLOCOS QUE JÁ DESFILARAM:

 3/2 (sábado)

Bloco Brás Pereira Banda Show (Imirim)

Uma tradição da Zona Norte e de São Paulo nas ruas do Imirim. É hora do Bloco Brás Pereira Banda Show. Para 2018, o tema do carnaval é “Hein e por quê? A sua alegria é o nosso samba”, uma homenagem ao sambista, jornalista e empresário Antonio Carlos Santos, o “Toninho Blau Blau” dos Bastidores do Samba. Para celebrar a homenagem, Robertão Sangue Bom comanda o microfone com o samba-enredo do bloco e, na batucada, o mestre Nenê Cachoeira.

Onde: Rua Carolina Roque, 492
Que horas: a partir das 14h
Quanto: gratuito

 

Unidos do Jaçanã

Onde: Concentração na Praça Comendador Alberto de Souza
Que horas: 14h

Unidos da Nove de Julho (Vila Maria)

Bloco formado por alunos da Universidade Nove de Julho

Onde: R. Diamantina, R. Itauna, R. Andaraí, R. Guaranésia
Que horas: 13h

Flamengo F.C. Vila Maria

Time de várzea desde 1942, começamos com brincadeira na rua com marchinha de carnaval e acabou ficando sério e fizemos nossa própria bateria com amigos e familiares brincando na nossa sede, e desde 2010 fazemos a alegria da vizinhança, tocando marchinhas de carnaval no trio e em seguida saímos com a bateria nas ruas do bairro.

Onde: R. Dias da Silva
Que horas: h 14h às 19h

Monoloco da Maria

Onde: Av. Alberto Byington
Que horas: das 15h às 18h

Água Ardente (Vila Palmeiras)

O grupo surgiu por meio dos membros do Grupo Memórias de Vila Palmeiras e região, de modo a resgatar os antigos carnavais dos moradores de vila Palmeiras e Carolina. Duas vilas unidas, uma de cada lado da Av. Inajar de Souza. O nome é uma homenagem ao antigo rio Cabuçu, que está sob a avenida, e que uniu as duas comunidades em uma época em que as enchentes eram comuns na região. Hoje, é a Água Ardente de alegria e da amizade.

Onde: Rua Antonio Rates
Que horas: 12h

 

 

Em Cima da Hora (Casa Verde)

Onde:Rua Benedito Augusto Ferreira
Que horas: 12h

Espiga do Japa (Casa Verde)

O Bloco Espiga do Japa surgiu no final de 2016 com o sonho de amigos em ter seu próprio bloco de carnaval, resgatando o espírito carnavalesco e o samba raiz em um dos bairros mais tradicionais da capital paulistana, Casa Verde. O nome inusitado vem da junção do nome de um dos fundadores do bloco e o local em que as frequentes reuniões e sambas de roda aconteciam. Em fevereiro de 2017 teve seu primeiro desfile pelas ruas, atraindo mais de mil pessoas e tendo uma ótima repercussão. O bloco ficou conhecido como #XodódaCasaVerde .

Onde: Rua José de Oliveira, 522
Que horas: 11h

 

 

Povo do Samba (Casa Verde)

Um bloco de carnaval que nasce com o propósito de levar a bandeira do samba de raiz e do samba enredo de todos os tempos.

Onde: Rua Dobrada
Que horas: 14h

Raízes da Casa Verde

A partir de uma conversa de 7 amigos em uma lanchonete surgiu a ideia de fundar um bloco carnavalesco, com intuito de melhorar a comunidade na parte social com entretenimento, recriação e tudo isso através do samba!

Onde: Praça Cruz da Esperança, 153
Que horas: 14h

Unidos da Vila Cavaton

Onde: Rua Armando Guzzi , 1061
Que horas: 13h

Calçada do Samba do Jardim Almanara

Onde: Rua Inácio Xavier de Carvalho (altura do 200)
Que horas: 15h

Todos na Contra Mão (Santana)

O bloco Carnavalesco Todos na Contra Mão, é composto por um grupo de amigos de diversas profissões, como empresários, funcionários públicos, advogados, militares, etc.., criamos essa ideia como se fosse um clube, e que além de montar um evento de carnaval, que esse clube também organize outros eventos na região, como datas comemorativas: dia das crianças, aniversário do bairro, etc.., principalmente festas beneficentes com intuito de coletar ajuda a pessoas necessitadas.

Onde: Rua Cel. Lúcio Rosales
Que horas: 13h

 

 

9 de Julho (Casa Verde)

Onde: Rua Antonio Vera Cruz
Que horas: 17h

Carnaluau do Samá (Jardim Vista Alegre)

Onde: Praça e Ruas Firminopolis e Araripirá
Que horas: 16h

Mi Interna Que Tô Loco (jARDIM DO TIRO)

Onde: v. José de Natividade Saldanha
Que horas: 13h

Sócanelas (Imirim)

O Bloco originou-se de um time de futebol, que juntos há 10 anos, formou uma grande família.

Onde: Av. Eng. Caetano Álvares (entre Meirelles Reis e Irmão João Creff)
Que horas: 12h

4/2 (domingo)

Bloco do Fervo (santana)

Um dos maiores blocos do carnaval de São Paulo aterrissa na Zona Norte, na Praça Heróis da FEB e na Av. Santos Dumont. Entre as atrações, estão João Cardim e Banda, Bateria e Corte Fervo Samba Show e uma apresentação surpresa.

A Av. Santos Dumont estará interditada, desde a Praça Campo de Bagatelle até a Av. Braz Leme, ou seja: tem espaço de sobra para curtir a folia! No som, sucessos de Lulu Santos, Tim Maia, Jorge Ben Jor, e ritmos carnavalizados, como reggae, funk e sertanejo.

Onde: Praça Heróis da FEB
Que horas: das 13h às 20h
Quanto: ainda não foram divulgadas informações sobre venda de abadás

Carnabronks (cohab taipas)

Onde: Rua João Amado Coutinho 1009
Que horas: 14h

Galo Folia (jardim são josé)

Onde: Praça Monsenhor Escriva
Que horas:  12h

Vem Pro Trem das Onze (jaçanã)

O Bloco surgiu com a intenção de resgatar a tradição dos blocos de rua, levando para o Bairro do Jaçanã a música e a dança. Nos apresentamos desde o Carnaval de 2015 no Carnaval de Rua Oficial da cidade de São Paulo, tendo como repertório principal as marchinhas de carnaval e as composições do saudoso Adoniram Barbosa, que imortalizou o bairro do Jaçanã na música Trem das Onze.

Onde: Rua Irmã Emerenciana, 623
Que horas: 15h

Família Samba Rock Soul (Vila Zatt – Pirituba)

Onde: Av Joaquim de Nazareth
Que horas: 14h30

Cordão do Congo (Morro Grande)

Onde: Rua Galdino da Silva
Que horas: 14h

Descaxota (Vila Rica)

Onde: Rua Itupava
Que horas: 16h

Bar do Edson (vILA MARIA)

Onde: R. Diamantina, R. Itauna, R. Andaraí, R. Guaranésia
Que horas: 13h

Policarpo Maluco (Mandaqui)

Bloco do Policarpo Maluco, foi fundado com o intuito de juntar o pessoal do bairro, que sempre gostou muito de carnaval e tinha que ir para outros lugares para se divertir.

Onde: Praça Dr. Policarpo Guimarães contorna a praça
Que horas: 12h ás 18h

Segunda sem Lei (Imirim)

Fundada em 01/09/2014 o bloco carnavalesco segunda sem lei vem em seu segundo ano de desfile agradecer todos os sambistas, amigos e familiares que fizeram este sonho se tornar realidade. Com a missão de promover a união do samba de são paulo, o bloco carnavalesco segunda sem lei tem como principal objetivo levar alegria a cada integrante desta família, respeitando sua agremiação e lutando sempre para que todas estejam unidas. Levando a bandeira do samba com responsabilidade, comprometimento e muito respeito!

Onde: Av. Eng. Caetano Álvares entre R. Meirelles Reis e Irmão João Creff
Que horas: 14h ás 20h

 

Bar do Mestre (Santana)

Onde: Av. Eng. Caetano Álvares / Rua Dr. Gabriel Covelli
Que horas: 16h

Banda Grone’s (Barro Branco)

Um clássico da Zona Norte! Fundado em 1996 no Jardim Tremembé, a Banda Grone’s – oriunda do time de mesmo nome desfilará pelas ruas do bairro.

Onde: Rua Reverendo George Michel Atlas
Que horas: 14h (concentração) e das 17h às 20h (desfile)
Quanto: Gratuito

Sovaco de Cobra (Casa Verde)

Fundado pelo seu carlão de peruche(embaixador e cidadão do samba paulista) em 1975, o bloco sovaco de cobra abria o carnaval de são paulo na avenida tiradentes. Depois de alguns anos, passou a desfilar na rua zilda na casa verde alta. Atualmente desfila pela rua marambaia e ruas adjacentes. Sua característica é o carnaval de marchinhas antigas.

Onde: Rua Conego Eugenio Amaral Melo /Rua Des. Euclides da silveira / Rua Dobrada / Rua Saguairu / Rua Antonio Nascimento Moura / Rua Marambaia
Que horas: 15h

Folia da Budega (Casa Verde)

Onde: Concentração na R. Dom Pedro Pikel
Que horas: 12h

Bloco do Paulicéia

O bloco fundado em outubro de 2016 coloca o povo para desfilar nas ruas de Vila Pauliceia. Para animar os foliões, muito samba, DJ Max Toretto, bateria e convidados. Durante a festa, cerveja e barracas de alimentação estarão disponíveis.

Onde: Av. Águas de São Pedro, na altura do 302-314
Que horas: a partir das 12h30
Quanto: gratuito

 

 

8/2 (QUINTA-FEIRA)

Meu Bloco na Rua (Freguesia)

Onde: Largo Matriz de Nossa Senhora do Ó
Que horas: 13h

 

 10/2 (sábado)

SAMBARELOVE

Onde: Av. Engenheiro Caetano Alvares, 6.000
Que horas: 15h

Bloco dos Coleiras

Onde: Rua São Diniz / Rua Prof. Gama Cerqueira /Rua Jeronimo dos Santos / Rua Lagoa Azul / Rua Leonor Barbosa / Rua Prof. Gama Cerqueira
Que horas: 13h

Urubó (Freguesia)

Movidos pelo desejo de resgatar os tradicionais carnavais de marchinhas, um grupo de amigos da Freguesia do Ó, em 2010, idealizou o “Bloco Urubó”. Embora pequeno, naquele ano, já se notava que a novidade tinha chego para ficar.

Nos anos seguintes a festa e a folia se repetiram, aumentando cada vez mais a quantidade de foliões. Após sete anos de estrada, o “Bloco Urubó” se tornou uma realidade, sendo motivo de orgulho para o bairro e seus moradores, tornando-se uma das referências do carnaval de rua da cidade de São Paulo.

Onde: Largo Matriz de Nossa Senhora do Ó (alto)
Que horas: 12h

Urubózinho (Freguesia)

O Bloco Urubó garante mais uma vez a folia dos pequenos com a quinta edição do Urubózinho em 2018! A matinê infantil promete animar as crianças no final de semana de Carnaval! Com entrada gratuita, os pequenos poderão se divertir e brincar muito ao som das tradicionais marchinhas.

Onde: Casa de Cultura Salvador Ligabue (Largo da Matriz)
Que horas: 9h

Unidos de Vila Cavaton

Dez anos atrás um grupo de amigos, junto com a Associação do Bairro, se reuniram numa brincadeira e começaram a desfilar pelas ruas do bairro, chamando as pessoas para se divertir, já que não podiam viajar e nem se divertir por conta das poucas opções de lazer no bairro. Antes o bloco se chamava “Bloco do Buraco do Neco” , em 2016 tornou-se “Bloco Buraco do Sapo” para homenagear o bairro, já que seu apelido é Buraco do Sapo. Em 2017, o nome atual: “Grêmio Recreativo Unidos da Vila Cavaton”, que vem se firmando como grande lazer para o bairro.

Onde: Rua Armando Guzzi
Que horas: 13h

Vem Pro Trem da Onze (jaçanã)

O Bloco surgiu com a intenção de resgatar a tradição dos blocos de rua, levando para o Bairro do Jaçanã a música e a dança. Nos apresentamos desde o Carnaval de 2015 no Carnaval de Rua Oficial da cidade de São Paulo, tendo como repertório principal as marchinhas de carnaval e as composições do saudoso Adoniram Barbosa, que imortalizou o bairro do Jaçanã na música Trem das Onze.

Onde: Rua Irmã Emerenciana, 623
Que horas: 15h

Bloco dos Zattrevidos (Vila Zatt – Pirituba)

Onde: Rua Jenny Bonilha Costivelli
Que horas: 15h

Corpo Fechado (Vila Medeiros)

Fundado em 16 de agosto de 2013 pelo músico Renato Dias e a produtora cultural Yve Zolli, inspirados no Grêmio Recreativo de Resistência Cultural Kolombolo diá Piratininga, o cordão carnavalesco tem o objetivo de difundir o Samba Paulista e promover ações culturais na Vila Medeiros e Jardim Brasil.

Onde: Praça Iocinori Hatanaka, R. Crisciuma, R. Basílio Alves Morango, Praça Arlindo Luz, Av. Ramiz Galvão, Av. Antenor Navarro, R. Major Roberto dos Santos, R. Itamonte
Que horas: 16h

 

11/2 (DOMINGO)

100% Comunidade Iracema (Brasilândia)

Onde: Calçadão da feira do Jardim Iracema, Rua João Rodrigues Chaves
Que horas: 14h

Canal 7 (Perus)

O Bloco surgiu assim que o bairro de Perus ficou sem a nossa escola de Samba – Valença. Bairro afastado do centro, e com muitas comunidades na região.

Onde: Av. Dr Sylvio de Campos
Que horas: 16h

Urubó (Freguesia)

Movidos pelo desejo de resgatar os tradicionais carnavais de marchinhas, um grupo de amigos da Freguesia do Ó, em 2010, idealizou o “Bloco Urubó”. Embora pequeno, naquele ano, já se notava que a novidade tinha chego para ficar.

Nos anos seguintes a festa e a folia se repetiram, aumentando cada vez mais a quantidade de foliões. Após sete anos de estrada, o “Bloco Urubó” se tornou uma realidade, sendo motivo de orgulho para o bairro e seus moradores, tornando-se uma das referências do carnaval de rua da cidade de São Paulo.

Onde: Largo Matriz de Nossa Senhora do Ó (alto)
Que horas: 12h

Urubózinho (Freguesia)

O Bloco Urubó garante mais uma vez a folia dos pequenos com a quinta edição do Urubózinho em 2018! A matinê infantil promete animar as crianças no final de semana de Carnaval! Com entrada gratuita, os pequenos poderão se divertir e brincar muito ao som das tradicionais marchinhas.

Onde: Casa de Cultura Salvador Ligabue (Largo da Matriz)
Que horas: 9h

Bloco do Gleubs (Jardim Panamericano – Jaraguá)

Onde: Rua Jacinto Pereira, 172
Que horas: 15h

Kuringa Movimento Cultural Afro Bantu Paulista (Brasilândia)

Kuringa Movimento Cultural Afro Bantu Paulista fundado em 05 de novembro em 2015 pelo músico Renato Dias e pelo sacerdote de candomblé de tradição Angola Tata Katuvanjesi e a produtora cultural Pamela Alves com objetivo de difundir e divulgar a cultura afro bantu paulista.

Onde: Rua Ruiva, 90
Que horas: 16h

Vem Ku Nóis Ó (Freguesia)

Onde: Largo da Matriz de Nossa Senhora do Ó
Que horas: 13h

 

12/2 (SEGUNDA)

Kriolinho Kriolão (Limão)

O Bloco Kriolinho e Kriolão surge como uma alternativa no Bairro da Zona Norte de São Paulo, não apenas como entretenimento mas também como multiplicador da cultura brasileira levando alegria do carnaval de rua a todas as famílias paulistana.

Onde: Praça Canaã / Rua Rocha Lima / Rua Glauco Velasquez / Rua Diogo de Oliveira/ Rua Brigadeiro Xavier de Brito / Rua Madalena Madureira / Praça Canaã
Que horas: 12h

Óense Bloco de Carnaval (Freguesia)

Onde: Largo da Matriz de Nossa Senhora do Ó
Que horas: 12h

13/2 (TERÇA-FEIRA)

Tio Helião (Jaçanã)

Onde: Rua Manoel Gaya altura 700
Que horas: 14h

AkiÓ (Freguesia)

Onde: Largo da Matriz de Nossa Senhora do Ó
Que horas: 14h

Locomotiva Piritubana (Pirituba)

Onde: Av. Elisio Cordeiro de Siqueira, 1.200
Que horas: 14h

Gleubs (Jardim Panamericano – Jaraguá)

Onde: Rua Jacinto Pereira
Que horas: 15h

Sacada da Gil (Jaçanã)

Onde: Rua Manuel Gaya 700 ao 1200
Que horas: 14h

Valença (Perus)

Onde: Rua Raphael Di Sandro
Que horas: 12h

Ton Ton (Vila Ede)

Onde: Rua Santo Antônio de Lisboa, Rua Padre Marcos Simoni, Travessa Firmino José Bueno, , Rua Bentureli, Rua Simão Pedroso, Rua Zalina Rolim e retornando para Rua Santo Antônio de Lisboa
Que horas: 14h

fonte/fotos: Páginas oficiais no Facebook, Site Carnaval de Rua (Prefeitura), Wagner Alves (topo e Bloco Urubó)



Topo