Zona Norte

Bolsonaro participa de inauguração das obras do Colégio Militar Campo de Marte

O presidente Jair Bolsonaro esteve ontem (3/02) na zona norte para participar da cerimônia de início das obras do Colégio Militar de São Paulo (CMSP), no Campo de Marte. A instituição será o 14° colégio militar do país. A previsão é que comece a funcionar em 2023.

O prédio contará com dois pavilhões de salas de aula, um para o ensino fundamental e outro para o ensino médio. Serão construídos um campo de futebol com pista de atletismo e uma arquibancada para 800 pessoas, além de parque aquático, ginásio de esportes, auditório com capacidade para 300 pessoas, salas de judô e esgrima, refeitório e pátio de formatura.

Além do colégio, está previsto no Campo de Marte a criação de um Parque. Ele contará com mais de um milhão metros quadrados para atividades esportivas, musicais e de lazer.

Primeiras mudanças

No mês de dezembro o governador João Dória anunciou que o Campo de Marte deixará de receber voos de aeronaves com ‘asas fixas’, como jatinhos. Na mesma declaração, o governador confirmou que o complexo Campo de Marte será transformado em um parque e em um colégio militar.

Colégios militares

Em julho de 2019 o MEC (Ministério da Educação) havia anunciado que pretende implementar 108 escolas cívico-militares até 2023. Diferente das escolas militares, que são totalmente geridas pelo exército, este modelo prevê a atuação de militares da reserva no papel dos professores.

Atualmente, o Sistema Colégio Militar do Brasil abrange um corpo discente de 15 mil jovens. São oferecidas vagas para o ensino fundamental e médio e o ingresso é feito por concurso público. Há unidades de ensino em Campo Grande, Curitiba, Belém, Belo Horizonte, Brasília, Fortaleza, Manaus, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador, São Paulo, Juiz de Fora (MG) e Santa Maria (RS).

Foto: Carolina Antunes/PR




Warning: A non-numeric value encountered in /home/jornalspnorte/www/wp-content/themes/jornalspnorte/footer.php on line 3
Topo