Cantor Genival Lacerda morre aos 89 anos, vitima da Covid-19; artistas e políticos lamentam

0
11

O cantor e compositor Genival Lacerda morreu no Recife em decorrência de complicações da Covid-19, nesta quinta-feira (07). Ele tinha 89 anos de idade.

O músico foi internado no final de 2020 mo Hospital Unimed I, na Ilha do Leite, na área central da capital pernambucana. Com Covid-19, ele foi levado para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

No dia 4 de janeiro, Genival Lacerda teve uma piora no quadro de saúde, segundo o boletim divulgado pela família. Os familiares chegaram  a iniciar uma campanha de doação de sangue para o cantor.

De acordo com a assessoria de imprensa do cantor, o corpo do artista deixa o Recife por volta das 13h e segue para ser sepultado em Campina Grande, ao lado do da mãe de Genival, Severina Lacerda.

Nas redes sociais, artistas, políticos e fãs lamentaram a morte.

No Twitter, o cantor Marcelo D2 escreveu:

“Essa é a imagem que fica pra mim de Genival Lacerda. Essa dança dele com a mão na barriga me faz lembrar a alegria do Brasil, me conecta muito com meus antepassados e me trás uma sensação boa de felicidade Que descanse em paz”

A cantora Daniela Mercury também homenageou Genival. “A música de Genival Lacerda era pura alegria. Queria agradecer por cada sorriso. Sinto muitíssimo que ele vá embora assim”, postou.

O governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB) disse em nota que  “a cultura nordestina perdeu hoje um de seus maiores ícones. Genival Lacerda nasceu na Paraíba, mas era um cidadão pernambucano. Sua música cantou nossas tradições e seu humor divertiu gerações. Expresso aqui meus sentimentos aos familiares, amigos e admiradores de Genival”.

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), postou uma foto e disse:  “Sempre será lembrado pela irreverência e por sua paixão pelo Nordeste. Foi um dos grandes ícones do forró e da cultura nordestina. Nossos sentimentos aos familiares, amigos e fãs”.