Teatro

Casarão da Vila Guilherme: peça traz interações com o público

Um espetáculo onde a plateia masculina é separada da feminina, e está convidada a interagir com as atrizes. A peça Hysteria usa deste e de outros recursos para não ser uma apresentação convencional: não há palco, sonoplastia ou iluminação, de modo que a interação e os textos sejam a tônica do espetáculo.

A história se passa no final do século XIX, em um hospício feminino do Rio de Janeiro. Por lá, cinco internas tratadas como histéricas revelam suas contradições, de uma época de transição que buscava colocar e adequar a mulher a um novo tipo de sociedade. Peça do Grupo XlX de Teatro.

Sábado (20/1), às 18h. Grátis.

Casa de Cultura Vila Guilherme
Praça Oscar Silva, 111
Fone: 2909-0065



Topo