CCJ promove atividades culturais em homenagem ao José Soró neste sábado (1º)

0
430

Neste sábado (1º/02) o Centro Cultural da Juventude (CCJ) presta uma homenagem ao José Soro, educador social e um dos mais conhecidos militantes da cultura da zona noroeste. O evento começa às 15h e contará com apresentações culturais de dança, sarau e debates.

Nascido em março de 1964, José Soró participava da Comunidade Cultural Quilombaque, localizada em Perus. Ele foi conselheiro tutelar e gestor da Casas Taiguaras, que realiza assistência social para crianças. Em seus discursos, Soró repetia: “Um novo mundo é possível”.

Ele também atuou com outras lideranças para que o prédio abandonado da companhia de cimento de Perus, fosse transformado em um centro de cultura e memória do trabalhador. Casado com Valéria Pássaro, pai de Ana, Matheus e Pedro, Soró foi vítima de uma parada cardíaca aos 55 anos.

Para honrar a memória de José Soró, o CCJ montou a seguinte programação:

  • 15h: Dudu Badé – Caça ao Tesouro
  • 16h: Mesa: Uma outra cidade é possível, e nós estamos fazendo! Com participação de: Fofão Quilombaque e Regina Bortoto, mediação de Vagner Souza. Fala de abertura: Valeria Passaro.
  • 17h30: Encontros dos Saraus: Sarau Elo da Corrente, Sarau da Brasa, Sarau D’ Quilo, Sarau no Kintal, Sarau Segunda Negra e Sarau Sem Saída
  • 20h30: Samba do Congo

“José Soró – Ferve Território” no CCJ

Quando: 1º de fevereiro, sábado, a partir das 15h

Onde: Avenida Deputado Emílio Carlos, 3641 – Vila Nova Cachoeirinha

Entrada: Gratuita

Foto: Museu da Pessoa/Reprodução