Celso de Mello antecipa aposentadoria e deixará STF em 13 de outubro

0
159

O ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu se aposentar no dia 13 de outubro, três semanas antes do previsto.

Inicialmente, a saída do decano estava prevista para 1 de novembro, quando o ministro completa 75 anos, idade que torna obrigatória a aposentadoria no serviço público no Brasil.

No ofício enviado à presidência do Supremo Tribunal Federal, Celso de Mello afirmou ter cumprido os requisitos necessários para aposentadoria.

Com sua saída, fica aberta a primeira vaga no tribunal que será preenchida por indicação do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Bolsonaro terá direito a uma segunda indicação , quando Marco Aurélio se aposentar em julho de 2021,

Celso de Mello está no Supremo desde 1989, quando foi indicado pelo então presidente José Sarney.