Saúde

Chocolate adoça a vida e tem benefícios para saúde

Para quem está com receio de comer aquele chocolate que ganhou de presente nesta páscoa, saiba que agora você tem uma boa razão para aproveitar a guloseima. O chocolate produzido com cacau é um dos melhores alimentos da natureza e o Brasil é o maior produtor da América Latina.

É importante destacar que o consumo do chocolate melhora no humor, ajudando a acalmar os mais ansiosos. Por isso que o Jornal SP Norte separou alguns benefícios em comer chocolate, claro, com moderação:

Ajuda na memória – Estudo publicado o periódico Frontiers in Nutrition, confirma que consumo a longo prazo de altas quantidades de flavonoides (substância com função cardioprotetora), presentes no cacau, gera ganhos nas atividades cognitivas

Ajuda o coração – Por conta de flavonoides, o chocolate tem se mostrado importante para a saúde cardiovascular. Ele contém em sua especificação, substâncias com função cardioprotetora, seu efeito pode ser exercido, controlando a pressão arterial e ainda melhorando a sensibilidade à insulina e atuando no sistema antioxidante, que tem como função combater os radicais livres.

Ajuda no emagrecimento – Ele ajuda a dar a sensação de satisfação, o que leva a pessoa a não exagerar na comida. Uma pesquisa realizada pela Universidade de Chung Hsing, em Taiwan, mostrou que os ácidos fenólicos presentes no cacau podem aumentar a produção do hormônio leptina, o que aumenta a sensação de saciedade.

Combate câncer de intestino – Segundo Pesquisadores da Universidade de Georgetown, nos Estados Unidos, mostra que moléculas presentes no cacau, chamadas de procianidinas, possuem propriedades antioxidantes, que ajudam na proteção das células contra as degenerações do tumor.

Ajuda na gravidez – Se consumido durante a gravidez, o chocolate ajuda a prevenir a hipertensão, isso é o que diz a pesquisa da Universidade de Yale, nos EUA. Mulheres que consomem cinco vezes por semana têm 40% menos chances em desenvolver o problema daquelas que consomem menos de uma vez.

Combate o derrame – O cacau é rico em antioxidantes que reduzem a inflamação nas artérias e a aderência do colesterol à parede dos vasos, prevenindo a formação de trombos na corrente sanguínea e, consequentemente, o AVC (acidente vascular encefálico).

Depois de descobrir quais os benefícios, também separamos algumas curiosidade:

Quantidade ideal – Como sua quantidade calórica é alta, pode contribuir para o ganho de peso se consumido em excesso. A quantidade hoje recomendada é, em média, 30g ao dia.

Qual chocolate é melhor – Quanto maior o seu percentual, maior será seu benefício. O recomendado é que sua escolha seja sempre acima de 70% de cacau na composição.

Qual a diferença dos tipos do chocolate – A quantidade de cacau varia de acordo com os tipos do chocolate. O chocolate ao leite tem aproximadamente 30% de cacau, já o chocolate meio amargo, 41% de cacau e o chocolate com a quantidade mais elevada é o amargo, com 70% de cacau em sua composição.



Topo