São Paulo

Chuvas deixam 12 mortos na Grande São Paulo de 18 pontos de Alagamento na Zona Norte

As fortes chuvas ocorridas no último domingo (10) e se estendeu na madrugada de segunda-feira (11) provocou alagamentos e desabamentos na região da Grande São Paulo, resultando em 12 mortes e seis feridos.

As chuvas afetaram também o trânsito e o transporte público da cidade. Na segunda-feira o rodízio de veículos foi suspenso e a linha 10 – Turquesa da CPTM não abriu,pois os trilhos ficaram alagados.

Ao todo houve seis pessoas que morreram afogadas na região do ABC, quatro em um deslizamento de terra em Ribeirão Pires, uma afogada no Ipiranga e uma criança soterrada em Embu das Artes.

Estação Celso Daniel em Santo André – Foto Reprodução-TV Globo

Poder Público

Aqui na Capital foi instaurado um comitê de crises como forma de amenizar os impactos causados pela chuva. A região de São Bernardo do Campo foi a mais afetada, com o prefeito decretando estado de calamidade.

Alagamentos

Segundo registado pelo Centro de Gerenciamento de Emergência Climáticas (CGE), houve 18 pontos de alagamento na Zona Norte, sendo alguns deles nas vias:

– Marginal do Tietê – Próximo a Ponte do Limão;

– Avenida Cruzeiro do Sul – Próximo a ZakiNarchi.

– Avenida ZakiNarchi – Próximo a Cruzeiro do Sul;

– Avenida Otaviano Alves de Lima – Próximo a Ponte da Casa Verde;

– Avenida Olavo Fontoura – Altura do número 1209, próximo a Rua Brazeliza Alves de Carvalho e a Rua Prof. Milton Rodrigues;



Topo