Cinemas e museus não devem voltar a funcionar nesta segunda, diz Covas

0
125
São Paulo- SP, Brasil- Teatro Municipal.

A partir de segunda-feira (27), os espaços de lazer e entretenimento como museus, cinemas e teatros estão liberados para funcionar, entretanto, o prefeito Bruno Covas (PSDB) declarou que a reabertura desses espaços não deve ocorrer neste momento.

No inicio de julho, o governador João Doria (PSDB) havia autorizado a antecipação da reabertura de cinemas, teatros e museus em locais que estão a mais de 28 dias consecutivos na Fase 3 Amarela do Plano São Paulo. Além da capital paulistas, as cidades das regiões do ABC e de Taboão da Serra estão autorizadas a reabrir os espaços.

Segundo o prefeito Covas, apesar da pandemia estar, aparentemente controlada, a volta desses serviços devem ocorrer apenas quando a cidade alcançar a Fase 4 Verde. Desde o dia 26 de junho a capital paulista está na Fase 3 Amarela.

Reabertura de parques

Em razão do controle da pandemia do coronavírus (Covid-19) em São Paulo, grande parte dos parques municipais e estaduais da capital paulista foram reabertos. A volta das unidades acompanham algumas exigências sanitárias, como o uso de máscara obrigatório, mensagens com orientações para combater a pandemia e muito mais.

Na Zona Norte, os parques reabertos são:

Cancelamento dos megaeventos

Na semana passada, tanto o prefeito como o governador, Bruno Covas e João Doria respectivamente, haviam anunciado o cancelamento das festas  de fim de ano em São Paulo. Na ocasião da revelação, o governador destacou que sem uma vacina contra a Covid-19, São Paulo não realizará megaeventos.

Previstas para acontecer em junho, os tradicionais eventos Marcha para Jesus e a Parada LGBTQ+ foram canceladas. No inicio da pandemia, os eventos haviam sido adiados para novembro deste ano, no entanto, em razão dos altos casos de coronavírus, a gestão municipal acabou cancelando.

Apesar do cancelamento, a programação da Marcha para Jesus será totalmente virtual, assim como a Virada Cultural, que ainda está prevista para acontecer, mas ainda não tem uma data. Pelo mesmo sistema de live, em junho deste ano ocorreu na Parada LGBTQ+ e que reuniu dezenas de artistas.