Confira os principais indicados ao Oscar 2021. Premiação será no domingo (25)

0

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood anunciará no próximo domingo, dia 25 de abril, seus vencedores.  A atual edição do “Oscar 2021 será marcada pelas produções feitas por serviços de streaming e pela diversidade em uma temporada afetada pela pandemia do novo coronavírus.

O principal favorito é Mank, que teve 10 indicações e está disponível na Netflix. O filme conta a história do processo de criação da obra “Cidadão Kane” (1941), de Orson Welles.

Já outras seis películas receberam seis indicações cada uma. São elas: “Minari”, “Nomadland”, “Meu pai”, “Judas e o messias negro”, “Os 7 de Chicago” e “O som do silêncio”.

Entre elas, está Nomadland, que vem ganhando destaque em outras premiações e tem previsão de estreia no Brasil em abril de 2021. Ele é dirigido por Chloé Zhao que concorre a estatueta de melhor direção.

O enredo do filme conta que após o colapso econômico de uma cidade empresarial na zona rural de Nevada, Fern (Frances McDormand) faz as malas com sua van e parte na estrada explorando uma vida fora da sociedade convencional como uma nômade moderna.

Por sua vez, Bela Vingança e a Voz Suprema dos Blues surgem com cinco indicações. Bela Vingança também é dirigido por uma mulher: Emerald Fennell, que ganhou destaque interpretando Camilla Parker-Bowles (atual esposa do príncipe Charles) na série The Crown da Netflix.

Neste ano, será a primeira vez que duas mulheres vão concorrer ao prêmio de melhor direção.

Outro destaque é a indicação póstuma de Chadwick Boseman, o eterno Pantera Negra, e que faleceu no ano passado vítima de câncer, que concorre a melhor ator por “A voz suprema dos blues.”

Confira os indicados nas principais categorias:

Melhor filme

  • “Meu pai”
  • “Judas e o messias negro”
  • “Mank”
  • “Minari”
  • “Nomadland”
  • “Bela vingança”
  • “O som do silêncio”
  • “Os 7 de Chicago”

Melhor atriz

  • Viola Davis – “A voz suprema do blues”
  • Andra Day – “Estados Unidos Vs Billie Holiday”
  • Vanessa Kirby – “Pieces of a woman”
  • Frances McDormand – “Nomadland”
  • Carey Mulligan – “Bela vingança”

Melhor ator

  • Riz Ahmed – “O som do silêncio”
  • Chadwick Boseman – “A voz suprema do blues”
  • Anthony Hopkins – “Meu pai”
  • Gary Oldman – “Mank”
  • Steve Yeun – “Minari”

Melhor direção

  • Thomas Vinterberg – “Druk – Mais uma rodada”
  • David Fincher – “Mank”
  • Lee Isaac Chung – “Minari”
  • Chloé Zhao – “Nomadland”
  • Emerald Fennell – “Bela vingança”

Melhor atriz coadjuvante

  • Maria Bakalova – “Borat: fita de cinema seguinte”
  • Glenn Close – “Era uma vez um sonho”
  • Olivia Colman – “Meu pai”
  • Amanda Seyfried – “Mank”
  • Yuh-Jung Youn – “Minari”

Melhor ator coadjuvante

  • Sacha Baron Cohen – “Os 7 de Chicago”
  • Daniel Kaluuya – “Judas e o messias negro”
  • Leslie Odom Jr. – “Uma noite em Miami”
  • Paul Raci – “O som do silêncio”
  • Lakeith Stanfield – “Judas e o messias negro”