Saúde

Corrida de rua: comece com o pé direito!

Final de ano é conhecido, além das festas de confraternizações, pelas tradicionais corridas de rua. Afinal, quem nunca assistiu – ou até participou – da famosa e clássica Corrida de São Silvestre? Muitas pessoas colocam como meta completar uma dessas competições para finalizar o ano com chave de ouro.

E não é à toa que a corrida de rua é o esporte que mais cresce no mundo: não precisa muita coisa, queima um absurdo de calorias e é um esporte que não tem muitas restrições. Porém, demandam um preparo físico e até psicológico, que podem garantir os melhores resultados e a sensação de prazer que vem acompanhada do final da prova.

Qualquer pessoa pode participar da atividade desde que não haja nenhuma restrição de saúde. Antes de qualquer coisa é necessário consultar um especialista para fazer uma avaliação física. Veja outras orientações valiosas:

Roupas e tênis correto

A corrida demanda roupas leves e que deixam seus movimentos livres. Por isso, escolha peças confortáveis. A escolha do tênis também é importante: existem peças específicas para tipos diferentes de pisadas e que podem influenciar no seu desempenho e na redução do risco de lesões durante a prática.

Alimentação e hidratação

Não consuma comidas pesadas e de difícil digestão até duas horas antes de correr. Não exagere na hidratação para não pesar o corpo: muita água pode dar vontade de ir ao banheiro na hora da corrida ou causar desconforto no estômago.

Mude de ares

Procure variar o ambiente, se você corre apenas em superfície dura e plana (asfalto, esteira), treine e explore também ambientes não lineares, com obstáculos e mudanças de direção. Dessa maneira você promove o aumento de estímulos motores e o controle de movimento, melhora a capacidade muscular, varia as amplitudes articulares, minimiza as forças do impacto e torna sua corrida mais segura e saudável.

Ouça seus passos

Correr silenciosamente é fundamental quando se trata de uma corrida saudável. Saber correr sem a necessidade de bater os pés no chão, ou se largar ao chão em cada passada, é sinal de um bom controle motor, não descarregando toda a responsabilidade e função de absorção de impacto somente aos calçados.

Durma bem e bastante

O sono é um dos principais meios para ter uma boa performance. Especialistas em fisiologia afirmam que o corpo precisa de cerca de oito horas de sono para render bem antes de correr.



Topo