Covid-19: Inquérito sorológico registra estabilidade de infectados na cidade de São Paulo, diz Prefeitura

0
222

Cerca 1,3 milhão de pessoas já foram contaminadas pelo novo coronavírus na cidade de São Paulo até o dia 6 de agosto. É o que mostra a quarta fase do inquérito sorológico realizado pela Prefeitura – ao todo, serão oito fases..

Segundo o prefeito Bruno Covas (PSDB), a queda do índice de prevalência – de 11,1% para 10,9% com relação à pesquisa anterior – mostra uma estabilidade da doença na cidade.

“O índice de prevalência na cidade de São Paulo, na fase 0 foi de 9,5%, na fase 1 foi de 9,8%, na fase 2 foi de 11,1%, agora na fase 3 é de 10,9%. São números que estatisticamente significam uma estabilidade da doença na cidade de São Paulo. Apesar de dois meses de reabertura e flexibilização de atividade econômica, a gente mantém os mesmos índices de prevalência. Não houve aumento e nem queda da relação da quantidade de pessoas já imunizadas pelo coronavírus na cidade de São Paulo.”, disse Covas.

O exame sorológico avalia a presença de anticorpos específicos (IgM/igG), ou seja, ele identifica casos passados da doença, e é usado para monitorar a porcentagem da população que já teve contato com o vírus.

A pesquisa, que começou a ser realizada em 10 de junho, tem índice de 96% de confiança.