Brasil

MEC anuncia adiamento do Enem por até 60 dias

O Inesp (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) e o MEC (Ministério da Educação) anunciaram hoje (20) que o Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) 2020 será adiado por um prazo de 30 a 60 dias

Pelo Twitter o ministro da Educação, Abraham Weintraub, já havia admitido essa possibilidade. A declaração do ministro acontece um dia depois que os senadores aprovaram o adiamento da prova.

Nesta terça-feira (19), o Senado Federal aprovou o adiamento do Enem por 75 votos e apenas um contra, sendo ele o do senador Flávio Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro.

No inicio deste mês, estudantes de mais de 4.500 escolas e de cursinhos populares começaram um movimento pedindo o adiamento do Enem. Segundo os alunos, a falta de aulas presenciais prejudicam, especialmente, os estudantes de famílias mais vulneráveis.

Nesta semana o ministro havia aberto uma consulta pública para que os candidatos inscritos para fazer a prova pudessem decidir a data de realização das provas deste ano. Na consulta havia três opções: Manter a data da prova; Adiar por 30 dias; ou Suspender até o fim da pandemia.

Até o momento o Enem está marcado para os dias 1º e 8 de novembro, dois domingos. A inscrição vai até o dia 22 de maio, sexta-feira.

Este é o primeiro ano que será aplicado o exame em formato digital. A prova neste formato acontecerá nos dias 11 e 18 de outubro. Vale destacar que a versão on-line será uma opção ao candidato no momento da inscrição. A expectativa do governo federal é, gradativamente, tornar o Enem 100% digital até 2026.

 




Warning: A non-numeric value encountered in /home/jornalspnorte/www/wp-content/themes/jornalspnorte/footer.php on line 3
Topo