Acontece

Fábrica de Cultura Jaçanã promove debate sobre preconceitos raciais e de gênero

No mês de fevereiro a Fábrica de Cultura Jaçanã promove atrações que prometem fazer o público refletir sobre as diferentes opressões na sociedade. As atividades serão rodas de conversas e acontecerão nos dias 11 e 18 de fevereiro, terça-feira.

No dia 11 de fevereiro, às 10h, acontece a roda de conversa “Toda palavra pode ser usada?”, na biblioteca da Fábrica. A ação promete dialogar sobre frases ou palavras que tenham origem a partir de algum preconceito, seja ele racial ou de gênero.

A escritora e artista multimídia Thata Alves visita a Fábrica no 18 de fevereiro, também às 10h, para um bate-papo sobre questões raciais. A artista é precursora do Sarau da Ponte Pra Cá e integrante do coletivo Sarau das Pretas.

Roda de conversa “Toda palavra pode ser usada?”

  • Quando: 11 de fevereiro, terça-feira, às 10h
  • Entrada: Gratuita

Bata-papo com Thata Alves

  • Quando: 18 de fevereiro, terça-feira, às 10h
  • Entrada: Gratuita

 

Local: Fábrica de Cultura Jaçanã – Rua Raimundo Eduardo da Silva, 138 – Jova Rural

Foto: Edilaine Pereira/Divulgação




Warning: A non-numeric value encountered in /home/jornalspnorte/www/wp-content/themes/jornalspnorte/footer.php on line 3
Topo