Acontece

Fábricas de Cultura montam programação voltada à literatura

O mês de maio terá uma programação dedicada a literatura nas Fábricas de Cultura da zona norte, atividades como Contações de história e instalação sobre Caio Fernando Abreu se destacam nos eventos do mês. Todos os eventos são gratuitos e abertos ao público.

A contação de história “Andira para que crescemos?” narra a história de uma ave migratória que é criada acidentalmente por uma família de morcegos. A atividade acontecerá Fábrica de Cultura Brasilândia no dia 02 de maio, quinta-feira às 10h; e na Fábrica de Cultura Jaçanã no dia 15 de maio, quarta-feira, às 15h.

Outra atividade será a mediação de leitura “O Pequeno pode tudo“, se trata de uma livre adaptação do grupo Uirá Mirim da história homônima de Pedro Bandeira, que discute temas como bullying e preconceitos com os pequenos. A ação acontece na Fábrica de Cultura Jaçanã, no dia 17 de maio, sexta-feira, às 10h; na Fábrica de Cultura Vila Nova Cachoeirinha no dia 21 de maio, terça-feira, às 10h; e na Fábrica de Cultura Brasilândia, no dia 22 de maio, quarta-feira, às 10h.

E para encerrar o mês, a Fábrica de Cultura Jaçanã realizará uma instalação inspirada na vida e obra de Caio Fernando Abreu, jornalista, escritor e dramaturgo brasileiro, que abordou em suas obras temas como solidão, medo, angústias e morte. Áudio, vídeos e música compõem a exposição “Que Seja Doce“. Entre os dias 21 e 25 de maio, terça-feira a sábado, durante o horário de funcionamento.

A Fábrica de Cultura Brasilândia fica na Avenida General Penha Brasil, 2508. Telefone para contato é (11) 3859-2300.

A Fábrica de Cultura Jaçanã fica na Rua Raimundo Eduardo da Silva, 138. Telefone para contato é (11) 2249-8010.

A Fábrica de Cultura Vila Nova Cachoeirinha fica na Rua Franklin do Amaral, 1575. Telefone para contato é (11) 2233-9270.

 

 



Topo