Mulher

Feira do Empreendedor discute o enfretamento da violência contra a mulher

Pesquisas revelam que a cada 15 segundos uma mulher é agredida no Brasil; a cada uma hora e meia há uma vítima fatal dessa violência. De acordo com o Mapa da Violência de Homicídio de Mulheres, realizado no ano de 2015 pela Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (FLACSO), a taxa de homicídios de mulheres no Brasil é a quinta maior do mundo – são 4,8 assassinatos para cada 100 mil mulheres, conforme dados da Organização Mundial de Saúde (OMS). Os dados também apontaram um agravante: 55,3% desses crimes foram cometidos no ambiente doméstico e 33,2% dos homicidas eram parceiros ou ex-parceiros das vítimas.

Mudar essa triste realidade faz parte das metas prioritárias da Coordenadoria Regional de Saúde (CRS) Norte. Em outubro de 2017, a coordenadoria estabeleceu parceria com o Ministério Público (MP) para o desenvolvimento do Projeto Prevenção da Violência Doméstica com Estratégia de Saúde da Família (PVDESF). Atualmente, o programa está sendo desenvolvido na região de Perus, com previsão de ser brevemente implantado nos territórios da Brasilândia e Pirituba.

No sábado (7/4), durante a Feira do Empreendedor 2018 do Sebrae-SP, o Coordenador da CRS Norte, José Mauro del Roio Correa, integrou o painel “O Empreendedorismo como Ferramenta para o Enfretamento da Violência Doméstica Contra a Mulher”.

Tema de grande relevância, o encontro possibilitou diferentes mesas-debates e reflexões sobre a violência contra a mulher.

Divulgar para a comunidade as ações de enfretamento à violência, por meio de iniciativas empreendedoras – já que o fator econômico pode ser um impeditivo para que a mulher alcance autonomia –, foi um dos grandes objetivos do encontro.

Fundamental, também, é o envolvimento dos órgãos de saúde, uma vez que é natural as vítimas de agressão procurarem as unidades públicas em busca de ajuda.

O CRS Norte trabalha para que todas as Unidades de Saúde da Zona Norte tenham o Núcleo de Prevenção de Violência, para acolher e atender as mulheres do território de forma eficaz e resolutiva.

Também participaram do evento, Fabiana Cespedes, Supervisora Técnica de Perus; Fabíola Sucasas Negrão Covas, Promotora de Justiça do GEVID/Grupo de Enfrentamento à Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher e assessora do Centro de Apoio Operacional de Direitos Humanos; e profissionais de saúde das regiões onde o projeto está em andamento.

Iniciativas empreendedoras

No mês de março, em comemoração ao mês da mulher, a CRS Norte e a Supervisão Técnica de Saúde (STS) de Perus em parceira com o Ministério Público de São Paulo (MPSP) e o Sebrae promoveram o evento Empoderamento das Mulheres de Perus, Através de Iniciativas Empreendedoras, no Centro Educacional Unificado (CEU) de Perus.

Durante o evento, que reuniu cerca de 350 pessoas, temas referentes ao assunto foram expostos em forma de apresentações artísticas, depoimentos e exposição de artesanato de grupos femininos da região.

A Coordenadoria Regional de Saúde Norte é composta pelas prefeituras regionais Casa Verde/Cachoeirinha, Freguesia/Brasilândia, Jaçanã/Tremembé, Perus, Pirituba, Santana/Tucuruvi e Vila Maria/Vila Guilherme.

fonte: CRS Norte/com reportagem de Patrícia Santoa



Topo