São Paulo

Festa à Ogum arrecada quase 3 toneladas de alimentos para doação

No último domingo, dia 05 de maio, o Anhembi recebeu a maior festa de celebração à Ogum – São Jorge no sincretismo religioso. O evento “Se meu pai é Ogum” aconteceu das 13h às 20h e reuniu mais de 7500 membros de religiões de matrizes africanas e simpatizantes. A ação teve o apoio da Prefeitura de São Paulo e contou com apresentações musicais, feira de exposição e food trucks

A entrada era gratuita, contudo os organizadores pediram 1 kg de alimento para os participantes levaram no dia. Foi assim que o evento arrecadou 2,7 toneladas de alimento que foram entregues à ONG Banco de Alimentos, que irá doar para 42 instituições sociais cadastradas pela organização.

A artista Grazzi Brasil abriu o evento que também contou com a participação do Sandro Bernardes, Pai Elcio de Oxalá, Sandro Luiz, Tambor de Orixá, Samya Nalany, Aldeia de Caboclos e entre outros, com apresentações musicais, danças afros e pontos religiosos. O encerramento ficou por conta da bateria da X-9 Paulistana.

Para Mãe Isabel Morais, uma das organizadoras da ação, o evento foi importante na luta para tolerância religiosa “Chegou a hora de mostrar a força do nosso povo e lutarmos para que nossos valores não sejam distorcidos por aqueles que não acreditam em nossa religião. Não merecemos ser tolerados, devemos que ser respeitados”.

Em nota, a ONG Banco de Alimentos diz que realiza “Parcerias com todas as religiões que decidam fazer um trabalho social e fortalecer nosso trabalho”. No mesmo texto, a instituição coloca que foi convidada pela organização do evento a receber e distribuir os alimentos às 42 instituições sociais.

Esta é a 2ª edição do evento, a primeira aconteceu no ano passado na Escola de Samba X-9 Paulistana, que recebeu cerca de 5 mil pessoas.



Topo