Histórias

Festa de Dia das Crianças une comunidades para oferecer alegria aos pequenos

Celebrado em 12 de outubro, o Dia das Crianças foi criado em 1923 pelo deputado federal Galdino do Valle Filho. O dia foi escolhido devido ao Congresso Sul-Americano da Criança, realizado na mesma data, onde reuniu-se estudiosos de infância e políticos de vários países para debater questões educacionais, alimentares e de desenvolvimento.

Mesmo após ter sido sancionada, a data não mobilizava a população, foi então que em 1955, a fábrica de brinquedos Estrela e a Johnson & Johnson lançaram uma campanha de marketing para alavancar as vendas de seus produtos neste período, utilizando-se como justificativa a celebração da data, criada há mais de três décadas.

A partir de então o Dia das Crianças passou a ser lembrado pela população e comércio, no entanto, apesar da justificativa meramente comercial, as comunidades se apropriaram da data e passaram a realizar diversas ações sociais e comunitárias em seus territórios.

Como exemplo desses eventos, no bairro do Mandaqui, acontece há mais de 10 anos a festa de Dia das Crianças no Clube da Comunidade (CDC) Residencial Santa Terezinha. A festa acontece sempre um sábado após a data de 12/10. Ao longo do dia, a criançada se diverte na piscina de bolinha, no futebol de sabão, na cama elástica e no pula-pula. Além disso, a ação distribuí lanches e refrigerantes às crianças que participam.

Segundo os organizadores, cerca de 250 crianças participam da ação todo ano. Para Rita Argentino, membro da diretoria do CDC Residencial Santa Terezinha, promover a festa é “levar um pouco a quem muitas vezes não tem nada”. Segundo ela, o agradecimento sincero da criança é a melhor recompensa “O sorriso e o ‘obrigada tia’ não tem preço”.

Foto: Rita Argentino/Arquivo pessoal



Topo