Funcionários do Hospital Vermelhinho celebram 100 pacientes curado da Covid-19

0
906

Na noite de quarta-feira (27), funcionários do Hospital Vereador José Storopolli (conhecido como Vermelhinho) se reuniram para celebrar o 100º paciente curado do coronavírus (covid-19). Nessa comemoração, ouve cantoria e uma salva de palmas.

Neste mês de maio os hospitais de São Paulo vem atendendo no limite de sua capacidade, segundo dados da Secretária Municipal da Saúde, a atual taxa de ocupação de leitos de UTI na capital paulista é de 91%.

Em uma ocasião, seis hospitais públicos atingiram o limite de sua capacidade e tiveram que dispensar pacientes que chegavam em busca de atendimento, entre essas unidades de saúde estava o Hospital Vermelhinho.

A gestão municipal lembra que a ocupação de leitos “é dinâmica e pode variar durante o dia”. Na Grande São Paulo a taxa de ocupação de leitos é de 86%.

O Brasil possui 411.821 pessoas infectadas e 25.589 mortes pelo coronavírus. Deste número o estado de Estado de São Paulo se destaca com 89.483 casos confirmados da doença e 6.712 mortos, totalizando uma taxa de letalidade de 7,5%. De acordo com os dados da pasta, 190.845 pessoas estão recuperadas da Covid-19.

Atualmente o Brasil é o segundo país do mundo com mais casos confirmado da doença, perdendo apenas para os Estados Unidos.

Flexibilização da quarentena

No mesmo dia que teve a gravação do vídeo, o governador João Doria (PSDB) anunciou o plano de flexibilização da quarentena pelo Estado a partir do dia 1º de junho, segunda-feira. O programa será dividido em cinco fases (vermelho, laranja, amarelo, verde e azul), no qual vão do nível máximo de restrição ao “normal controlado”.

Pelos critérios do Governo de São Paulo, a capital paulista está na zona laranja, ou seja, a partir de segunda haverá uma desescalada na quarentena na cidade. Com isso, shoppings, concessionárias, escritórios e comércio de rua poderão ser reabertos, mas com apenas 20% de sua capacidade.

Confira o vídeo abaixo:

Vídeo: Reprodução /Whatsapp