Fundação Pró-Sangue opera com apenas 40% da capacidade ideal

0
26

A Fundação Pró-Sangue tem em seu estoque apenas 40% da quantidade de sangue necessária para atender instituições de saúde da rede pública da região metropolitana do estado de São Paulo. Os sangues do tipo O+, O- e AB- estão em estado de emergência.

Além disso, os tipos B+ e B- estão críticos (suficientes para 1 dia), ao passo que o A+ e o A- estão em alerta (disponível para 2 dias).

Durante a pandemia do novo coronavírus, as doações de sangue cairiam drasticamente do estado, embora a Covid-19 não seja transmissível pelo sangue.

Para agendar uma doação, basta acessar o site da Fundação Pró-Sangue ou ligar para (11) 4573-7800.

A fundação pede para que os doadores compareçam os postos de doações utilizando máscara.

Quem quiser doar, precisa cumprir os seguintes requisitos básicos:

– Ter boa condição de saúde;

– Ter entre 16 e 69 anos de idade, desde que a primeira doação tenha sido feita até 60 anos;

– Pesar no mínimo 50 quilos.

Estar descansado (ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas) e alimentado (evitar alimentação gordurosa nas 4 horas que antecedem à doação).

 

Não pode doar quem estiver nas seguintes condições:

– Resfriado (aguardar 7 dias após desaparecimento dos sintomas)

– Gravidez.

– Intervalo de 90 dias após parto normal e 180 dias após cesariana.

– Amamentação (se o parto ocorreu há menos de 12 meses).

– Ingestão de bebida alcoólica nas 12 horas que antecedem à doação.

– Tatuagem nos últimos 12 meses.

– Situações nas quais há maior risco de adquirir doenças sexualmente transmissíveis: aguardar 12 meses.

– Febre amarela recente, vacina para febre amarela e viagens para países com risco de doenças transmissíveis.