Brasil

Governo anuncia interesse na privatização dos Correios e mais 8 estatais

Na noite de ontem (21/08) o Governo Federal anunciou a inclusão de nove estatais no Plano Nacional de Desestatização (PND). Na declaração o Governo confirmou que abriu estudos ou atualizou normas para que os Correios e mais oito companhias da União sejam privatizadas (total ou parcialmente) ou firmem parcerias com a iniciativa privada.

A decisão ocorreu depois da 10ª reunião do Conselho do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) da Casa Civil.

Além dos Correios, o governo decidiu abrir estudos para privatizar:

  • Telebrás;
  • Porto de Santos;
  • Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social (Dataprev);
  • Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro).

Também foram abertos processos de desestatização da:

  • Agência Brasileira Gestora de Fundos Garantidores (ABGF);
  • Empresa Gestora de Ativos (Emgea);
  • Centro de Excelência em Tecnologia Eletrônica Avançada (Ceitec);
  • Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp).

O Conselho do PPI também aprovou a nova modelagem para a concessão da Lotex, serviço de Loteria Instantânea Exclusiva, e a venda de 20 milhões de ações excedentes da União no Banco do Brasil, volume que pode render até R$ 1 bilhão à União sem prejudicar o controle do governo sobre o banco estatal.

Com as decisões de hoje, sobe para 18 o número de ativos federais (empresas, ações e serviços) incluídos no PPI. Na última reunião, em maio, o governo tinha aberto estudos para privatizar a Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) e a Empresa de Trens Urbanos de Porto Alegre (Trensurb).

A Eletrobras, as Centrais de Abastecimento de Minas Gerais (Ceasaminas), a Casa da Moeda, o porto de São Sebastião e a Companhia Docas do Espírito Santo (Codesa) também estão incluídos no PPI. Segundo Onyx Lorenzoni, ministro chefe da Casa Civil, os decretos de privatização dessas companhias podem sair nos próximos dias.

*Com informações da Agência Brasil

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil



Topo