Governo de SP autoriza volta às aulas presenciais do ensino superior e técnico

0
207

Nesta segunda-feira (13), o Governo de São Paulo anunciou que as regiões que estão por 14 dias consecutivos na Fase 3 Amarela do Plano São Paulo, poderão retornar gradualmente as aulas presenciais. Neste primeiro momento, a volta às aulas serão para universidades e escolas técnicas estaduais.

Atualmente, apenas a cidade de São Paulo está livre para escolher a volta às atividades. Segundo a gestão estadual, as unidades escolares deverão respeitar protocolos sanitários como receber, no máximo, 35% dos alunos matriculados de cada curso. A prioridade serão para disciplinas voltadas à área da saúde.

Na última sexta-feira (10), as cidades localizadas nas regiões da Baixada Santista, Registro e as sub-regiões Leste (Alto Tietê) e Oeste (Osasco) da Grande São Paulo avançaram para a Fase 3 Amarela. Desde o dia 26 de junho a capital paulista está na fase amarela.

O governador João Doria (PSDB) havia anunciado que as aulas deveriam voltar a partir do dia 8 de setembro. Elas funcionarão como sistema misto entre ensino presencial e ensino a distância (EaD).

Assim como os outros setores, a volta as aulas deverão obedecer os protocolos sanitários, como o distanciamento social e todos deverão usar máscaras de proteção.

A fim de evitar aglomeração, os horários de entrada e saída serão alterados, as atividades deverão acontecer, preferencialmente, em áreas ventiladas e os intervalos terão revezamento entre os estudantes.