Zona Norte

Governo de SP deverá gastar até R$ 1 Bi para finalizar Rodoanel Norte

Para finalizar as obras do Rodoanel Norte o Governo de São Paulo deverá gastar entre R$ 800 milhões a R$ 1 bilhão, segundo relatos de políticos e técnicos da Gestão Estadual ouvidos pela Folha de São Paulo. Iniciada em 2013, o orçamento era de R$ 4,3 bilhões, porém seu gasto ultrapassou R$ 6,5 bilhões (mais de R$ 9 bilhões em valor atualizado).

Segundo o Jornal, o valor para a conclusão deverá ser de até R$ 1 bilhão, tornando a obra 83% mais cara que o custo inicial.

A obra do trecho Norte do Rodoanel é suspeita de superfaturamento e já foram gastos R$ 9,1 bilhões, contando com desapropriação de áreas e compensação ambiental. Procuradores do braço da Operação Lava-Jato dizem que a obra ultrapassou o valor do contrato em R$ 480 milhões.

DESCONTROLE DE PAGAMENTO

No pente fino realizado por técnicos e políticos nos contratos das empresas que executam a obra do Rodoanel Norte, foi encontrado descontrole e fraude de pagamentos. A apuração não achou dois documentos que eram exigidos nos contratos com as empreiteiras.

FALTA DE VISTORIA

A DERSA, órgão responsável pelas obras do Rodoanel, é acusada de “orientar” o consórcio responsável por fiscalizar o trecho Norte do Rodoanel, para não participar das medições dos serviços feitos pela empreiteira na construção.

O Jornal Estado de SP teve acesso ao texto que orientava o consórcio a apresentar mensalmente somente os quantitativos dos serviços realizados pela construtora, mas não informa de quem partiu a “orientação”.

PROBLEMAS AMBIENTAIS

O traçado escolhido pelo Rodoanel Norte é a principal crítica dos ambientalistas. Segundo Carlos Bocuhy, presidente do PROAM – Instituto Brasileiro de Proteção Ambiental, “Nos países onde há reservas da biosfera reconhecidas pela UNESCO não são admitidas tais intervenções de desmatamento e com obras viárias de grande porte que implicam em adensamento populacional e incremento de mais atividades humanas que possam aumentar a degradação”.

CONCLUSÃO DA OBRA

De acordo com o Governo de SP, até o dia 30 de setembro, o Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) deve entregar uma auditoria completa das obras do Rodoanel Norte. O vice-governador e secretário de Governo, Rodrigo Garcia, diz que o resultado da auditoria deverá apontar o caminho para a retomada das obras.

O QUE DIZ A DERSA

Em nota, a DERSA responde que apoia qualquer investigação que colabora com a justiça. Sobre os pagamentos indevidos, a DERSA informou que o IPT fará um estudo sobre a atual situação dos seis lotes que compõem o Trecho Norte.



Topo