São Paulo

Governo libera saques do FGTS a partir de hoje (25)

Começa nesta quinta-feira (25/07) a liberação do abono salarial do Programa de Integração Social (PIS) e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep), exercício 2019/2020. O calendário para retirada do benefício para os cadastrados no PIS irá levar em conta as datas de aniversário. No caso do Pasep, a definição será pelo dígito final do número de inscrição.

Também foi anunciado novas regras para a retirada do pagamento. Segundo o secretário de Política Econômica do Ministério da Economia, Adolfo Sachsida, a liberação do dinheiro será limitada R$ 500 por conta, em 2019, e equivalente a um percentual mais um valor fixo a partir do próximo ano.

O calendário do pagamento do exercício 2019/2020 tem inicio hoje (25/07) e sua previsão de encerramento está marcado para o dia 30 de julho de 2020. A estimativa do Governo Federal é de que sejam destinados R$ 19,3 bilhões a 23,6 milhões de trabalhadores.

Calendário

Nascidos emRecebem a partir de:Crédito em conta
Julho25/07/201923/07/2019
Agosto15/08/201913/08/2019
Setembro19/09/201917/09/2019
Outubro17/10/201915/10/2019
Novembro14/11/201912/11/2019
Dezembro12/12/201910/12/2019
Janeiro16/01/202014/01/2020
Fevereiro16/01/202014/01/2020
Março13/02/202011/02/2020
Abril13/02/202011/02/2020
Maio19/03/202017/03/2020
Junho19/03/202017/03/2020

Veja as novas regras do PIS/Pasep:

Saque de R$ 500 por conta

  • Valerá para contas ativas e inativas
  • Saques serão liberados de setembro deste ano a março de 2020. Operadora do fundo, a Caixa Econômica Federal divulgará um calendário de saque.
  • Correntistas da Caixa terão o dinheiro depositado automaticamente. Quem não quiser sacar deverá informar ao banco
  • Saque nos caixas automáticos da Caixa permitido a quem tiver cartão cidadão
  • Retiradas de menos de R$ 100 poderão ser feitos em casas lotéricas, mediante apresentação de carteira de identidade e Cadastro de Pessoa Física (CPF)

Saque-aniversário

  • Uma vez por ano a partir de 2020
  • Caráter opcional, de livre adesão do trabalhador
  • Quem quiser retirar dinheiro deverá avisar a Caixa Econômica Federal a partir de outubro deste ano
  • Cálculo da multa de 40% em caso de demissão sem justa causa não muda em nenhuma hipótese
  • Quem migrar para saques anuais não terá direito a retirar o total da conta em caso de demissão sem justa causa
  • Trabalhador pode voltar para modalidade anterior, sem saque anual e com direito a rescisão integral em demissão sem justa causa, mas terá de esperar dois anos depois da primeira mudança, contados a partir da data do pedido à instituição financeira
  • Retiradas em 2020 ocorrerão em abril (para quem nasceu em janeiro e fevereiro), maio (para quem nasceu em março e abril) e junho (para quem nasceu em maio e junho).
  • Para nascidos de julho a dezembro, o saque em 2020 ocorrerá a partir do mês de aniversário até o último dia útil dos dois meses seguintes. Exemplo: quem nasceu em agosto poderá retirar o dinheiro de agosto até o fim de outubro.
  • A partir de 2021, todos os saques ocorrerão no mês de aniversário ou nos dois meses seguintes
  • O valor do saque anual será equivalente a um percentual do saldo da conta, para todas as faixas, mais um valor fixo para contas a partir de R$ 500,01

Diferenças:

PIS – São trabalhadores da iniciativa privada. Os saques do benefício será Caixa Econômica Federal. O calendário para retirada do abono do PIS seguira a ordem do mês de nascimento:

  • Nascidos entre julho e dezembro receberão o abono do PIS ainda este ano.
  • Nascidos entre janeiro e junho terão o recurso disponível para saque em 2020.

Pasep – Trabalhadores e servidores públicos. Os saques do pagamento será no Banco do Brasil. O calendário para retirada do abono do Pasep seguira a ordem do registro.

  • Números finais entre 0 e 4 receberão o benefício neste ano.
  • Registros com final entre 5 e 9 receberão em 2020.


Topo