São Paulo

Hospital de Campanha do Pacaembu começa a funcionar a partir de quarta (1º)

Para atender a população infectada pelo novo coronavírus (Covid-19), a partir desta quarta-feira (1º/04) começará a funcionar o Hospital de Campanha do Pacaembu. O equipamento será composta por 200 leitos, sendo 192 de baixa complexidade e oito leitos semi-intensivos, com respiradores.

A unidade de saúde será administrado pelo Instituto de Responsabilidade Social do Hospital Israelita Albert Einstein. Ele será formado por 520 profissionais de saúde, entre médicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem, fisioterapeutas, psicólogos e assistentes sociais.

Seguindo essa mesma linha, no último sábado (28) o Hospital Municipal da Brasilândia recebeu 150 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). No mesmo local ainda serão instalados 30 leitos de enfermaria exclusivamente para o tratamento de pacientes de Covid-19 , que deve ser aberto em cerca de 40 dias.

Leitos no Anhembi

Além do Pacaembu, a gestão municipal anunciou que serão instalados outros 1.800 leitos de baixa e média complexidade no Hospital Municipal de Campanha do Anhembi.

Para atender essa demanda, a Prefeitura abriu diversos processos seletivos para a contratação de médicos e enfermeiros.

Hospital Municipal M’Boi Mirim

Em parceria com as empresas Ambev, Gerdau e o Hospital Israelita Albert Einstein, a Prefeitura está construindo 100 novos leitos para pacientes com suspeita de Covid-19 em uma unidade anexa ao Hospital Municipal M’Boi Mirim – Dr. Moysés Deutsch, na Zona Sul da capital.

De acordo com a gestão municipal, os primeiros 40 leitos do hospital de M’Bom Mirim serão entreguem daqui dois dias. A unidade será finalizada até o fim do mês de abril. Após o fim da pandemia do Covid-19, a nova unidade será incorporada à operação do Hospital Municipal M’Boi Mirim.

A administração municipal também está implantando 640 novos leitos de cuidados intensivos para auxiliar no atendimento durante o período de pandemia do coronavírus (covid-19). Os 20 primeiros foram entregues na última sexta-feira (20), no Hospital de Parelheiros.

CEU RECEBERÃO LEITOS DE UTI

Além da medida anunciada hoje, na quinta-feira (19) prefeito Covas também tinha declarado que os 44 Centro Educacional Unificado (CEU) irão receber mais de 490 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

A decisão serve para atender pacientes que tenham contraído Covid-19. A capital paulista possui atualmente 505 leitos de UTI na rede médica municipal.

Foto: Edson Lopes Jr / SECOM




Warning: A non-numeric value encountered in /home/jornalspnorte/www/wp-content/themes/jornalspnorte/footer.php on line 3
Topo