Imóvel de condomínio valoriza 170% em 5 anos e se torna opção certa de investimento

0
23

Com um cenário de juros baixos e um produto que se beneficiou da pandemia, a empresa Planalto, especializada em projetos urbanos, conseguiu praticamente zerar o estoque de chácaras do empreendimento Terra Santa Cidade do Lazer, erguido em Trindade, a 30 quilômetros de Goiânia. De um total de 1.835 unidades, menos de 30 estão disponíveis. Os proprietários também terminaram 2020 satisfeitos com a valorização dos imóveis, que alcançou até 170% desde o lançamento. A valorização projetada para este ano é de 15%.

Segundo a Abecip (Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança), os brasileiros devem manter planos de aquisição de imóveis, mesmo com a alta da Selic, o que motiva o mercado a manter seus lançamentos.

É o que acontece com a Planalto. Com a arrancada de vendas em 2020, a empresa decidiu lançar em maio deste ano mais uma fase do Terra Santa, e a demanda continua alta. Um único empresário local adquiriu 16 lotes, e um jovem brasileiro que reside nos Estados Unidos comprou outros três. O empreendimento como um todo ocupa um terreno de 7 milhões de m2.

“A pandemia acelerou o êxodo urbano e a procura por lugares com maior contato com a natureza, em busca de saúde e qualidade de vida, não muito longe de grandes centros, onde a família possa viver e trabalhar a partir do home office. No caso do Terra Santa, o que começou com apelo de second place acabou como opção de moradia. Hoje, 50% dos condôminos querem morar no local. E essa tendência permanece, o que motiva inclusive a empresa a replicar o modelo do empreendimento em outras cidades como São Paulo”, afirma José Roberto Nunes, CEO da Planalto.

José Roberto lembra que a última vez que registrou uma valorização tão grande no mercado imobiliário foi quando do lançamento do Terra Santa, em 2015. “Em um ano, os imóveis já haviam duplicado o valor de mercado”, lembra. Ele acredita que casas com esse perfil devem continuar como opção rentável para investimento em 2021, principalmente se a taxa de juros se mantiver atrativa, pelo menos abaixo de 7%.