Impostos sobre produtos da ceia de Natal pode chegar a 70%

0
387

O valor da ceia de Natal com a família pode ser bem salgado, isso é o que mostra a Associação Comercial de São Paulo (ACSP). Segundo o órgão, a carga tributária de produtos típicos dos jantares natalinos pode chegar a quase 70%.

De acordo com o levantamento, as bebidas são as que acumulam maior taxa de tributos: A carga tributária do vinho importado chega a 69,73% do preço; Já o espumante corresponde a 59,49%; seguido de cerveja com 55,60% e o vinho nacional com 54,73%.

Saindo da mesa de jantar, os enfeites natalinos também chamam a atenção. Do valor das luzinhas, 44,54% são de impostos; A árvore e os cartões de Natal são tributados em 39,23% e 37,48%, respectivamente.

Vale mencionar que dos principais produtos para a data, a menor carga de impostos está embutida sobre as guloseimas tradicionais da ceia, como panetone (34,63%), peru e tender (ambos com 29,32%).