Itália: conheça as impressionantes catacumbas dos Capuchinhos de Palermo

0
1869

::: Bruno Viterbo

O Dia das Bruxas (ou Halloween), comemorado no dia 31 de outubro, é conhecido por ser uma data de disfarces e fantasias: milhares se “transformam” em monstros, personagens lendários, bruxas, fantasmas e outros seres “das trevas” que fazem parte do nosso imaginário.

3010_turismo catacumbas de palermo 5A data é uma mistura de costumes celtas, irlandeses, ingleses e norte-americanos que, com o passar dos tempos, foi ganhando outra conotação: antes uma celebração ligada à religião (até com o Dia de Finados; leia mais na página 6), hoje é mais voltada à brincadeira e ao imaginário – a religião fica para os dias seguintes, com o Dia de Todos os Santos (1o/11) e Dia de Finados (2/11).

E, já que o momento é de falar dos mortos, um local na Itália tem tudo a ver com o mundo sobrenatural: são as catacumbas dos Capuchinhos de Palermo, na Sicília.

O local, ponto turístico da cidade de Palermo, pode ser aterrorizante para aqueles mais sensíveis – fotos do local estão no final da matéria. É um contraste: Palermo é uma cidade de 2.700 anos de história, à beira-mar e com belas igrejas. Por outro lado, além das temerosas catacumbas, a Cidade passou por décadas de abandono depois da guerra, além de ter sido terra de mafiosos. Revitalizações são vistas por toda a Cidade: do restauro de monumentos ao asfaltamento de ruas.

Mas, voltemos às catacumbas: na entrada, você vai se deparar com um local comum, com bilheteria e nada que remeta ao mundo dos mortos. Mas, ao entrar… Prepare-se! São mais de mil corpos mumificados – alguns com aparência praticamente intacta – e ossadas de mortos. A maioria desses mortos faziam parte da elite local, do clero e da nobreza. Uma rápida pesquisa na internet já dá mostras de que o local é para poucos.

O local é uma cripta localizada embaixo do mosteiro capuchinho. Antes da morte, os que lá desejavam ser mantidos escolhiam suas roupas. Os corpos estão dentro de caixões – a maioria abertos – e pendurados em paredes, o que pode configurar uma visão nada tranquila.

3010_turismo catacumbas de palermo 6

As catacumbas estão divididas em categorias: frades capuchinhos, religiosos, homens, mulheres, crianças, famílias e profissionais. Os corpos eram mantidos por minuciosos processos de mumificação. A temperatura e a atmosfera das catacumbas também contribuíram para a preservação dos corpos.

É preciso fôlego e coragem para visitar as catacumbas de Palermo. Um dos corpos mais impressionantes, e bem conservados, é da pequena Rosalia Lombardo, uma garotinha que morreu aos 2 anos de idade. É considerada a “múmia mais bonita do mundo” por sua expressão tranquila e serena.

Um local que divide opiniões: show de horrores ou uma experiência de reflexão única?

AS IMAGENS ABAIXO PODEM SER FORTES

3010_turismo catacumbas de palermo 1

3010_turismo catacumbas de palermo 3

3010_turismo catacumbas de palermo 2

3010_turismo catacumbas de palermo 7