Manifestações culturais dos povos originários são tema da programação on-line das Fábricas de Cultura

0
As Fábricas de Cultura, equipamentos da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, disponibilizam em abril atividades que promovem a reflexão dos povos originários no mês em que o Dia do Índio é celebrado. A programação acontece pelo Facebook YouTube das Fábricas de Cultura.

O livro Pequenas Guerreiras do autor indígena Yaguarê Yamã será tratado neste vídeo disponibilizado no YouTube das Fábricas de Cultura no dia 14 de abril às 11h. Será abordada a história das guerreiras Amazonas do livro de Yamã, celebrando os povos originários com um ótimo livro infantil.

Na atividade Márcia Kambeba e a narrativa das artes autorais indígenas, Márcia apresentará uma junção de artes que carrega e utiliza para cumprir a missão de levar saberes e dialogar com todos. Em formato de vídeo, apresentará a música intitulada Cuara Açú (grande caminho), poesias “índio eu não sou”, “pintura sagrada”, “árvore da vida” e “Amazônia”. Exibirá também um foto varal, com fotografias feitas nas vivências de povos nas aldeias, entre elas, a aldeia Tururucari Uka, do povo Kambeba no AM, mostrando a relação dos povos com a natureza e o bem viver. Por fim, conversará sobre a importância do direito autoral para a salvaguarda do patrimônio material e imaterial dos povos originários. O vídeo estará disponível no Facebook no dia 15 de abril às 17h.

Em seu livro Crônicas de São Paulo: um olhar indígena, o escritor Daniel Munduruku, revela a origem de diversos nomes de bairros paulistanos. A atividade será realizada de forma on-line, por meio de vídeo disponível no Youtube no dia 16 de abril às 11h.

A líder indígena, artista, poeta e feminista, Tamikuã Txihi, apresentará um lago dentro da comunidade Tekoa Itakupe, Terra Indígena Jaraguá, habitada pelo povo Guarani Mbyana, região noroeste da cidade de São Paulo e convida o público a refletir sobre a importância da água, não só para os povos indígenas, mas para a humanidade. A atividade será realizada pelo Facebook no dia 17 de abril às 16h.

O documentário A tríade de Gaia e Cummaji, o sabor tempera o costume mostra toda a sabedoria dos povos indígenas na comunidade de São Marcos (Roraima), de como a população extrai suas fontes de energias da terra.Dirigido por Irmânio Sarmiento, o documentário é estrelado pelo arqueiro Macuxi Denivaldo Trajano Raposo, e conta com músicas de Riocardo Nogueira e Victoria Soto Mast. O filme estará disponível no dia 18 de abril às 17h pelo YouTube.

A contação da história Apuka vai mostrar como a imaginação pode nos levar a lugares incríveis e distantes, mesmo sem sair de casa. Apuka é uma menina indígena Tembé- Tenerehar (grupo indígena residente nas terras às margens dos rios Gurupi e Guamá), muito brincalhona e que tem como brincadeira favorita imaginar sobre o desconhecido, sobre como outras crianças vivem. A história será contada por meio de vídeo disponibilizado no Youtube a partir de 19 de abril às 15h.

SERVIÇO:
Fábrica de Cultura Jaçanã

PEQUENAS GUERREIRAS -YAGUARÊ YAMÃ
14/04 – quarta-feira – 11h às 12h
Faixa Etária: maiores de 10 anos
Youtube das Fábricas de Cultura

MEDIAÇÃO DE LEITURA: ” CRÔNICAS DE SÃO PAULO: UM OLHAR INDÍGENA” DE DANIEL MUNDURUKU
Cultura Geral
16/04 – sexta-feira – 11h às 12h
Faixa Etária: Atividade Livre
Youtube das Fábricas de Cultura

Fábrica de Cultura Brasilândia

CONTAÇÃO DE HISTÓRIA – APUKA
Cultura Geral
Coordenação: Biblioteca Fábricas.
19/04 – segunda-feira – 15h às 16h
Faixa Etária: Atividade Livre
Youtube das Fábricas de Cultura

Fábrica de Cultura Capão Redondo

MÁRCIA KAMBEBA E A NARRATIVA DAS ARTES AUTORAIS INDÍGENAS
Cultura Tradicional
Contação de histórias, Cultura Indígena, Fotografia, História/Filosofia, Literatura, Música, Performance
15/04 – quinta-feira – 17h
Faixa Etária: Atividade Livre
Facebook das Fábricas de Cultura

Fábrica de Cultura Jardim São Luís

A ÁGUA – COM TAMIKUÃ TXIHI
Cultura Tradicional
Cultura Indígena
17/04 – sábado – 16h
Faixa Etária: Atividade Livre
Facebook das Fábricas de Cultura

A TRÍADE DE GAIA E CUMMAJI, O SABOR TEMPERA O COSTUME | DIREÇÃO: IRMÂNIO SARMIENTO
Cinema
Cultura Indígena
18/04 – domingo – 17h
Faixa Etária: a partir de 12 anos
Participação: Aberta ao Público
YouTube das Fábricas de Cultura