Vida e Bem Estar

Mês de outubro é dedicado à campanha de prevenção do Câncer de Mama

O câncer de mama, uma das doenças mais perigosas para as mulheres, é tema de campanha mundial durante o mês de outubro. No Brasil foram estimados 59.700 casos novos de câncer de mama em 2019, com risco estimado de 56 casos a cada 100 mil mulheres, segundo o INCA (Instituto Nacional de Câncer).

A principal forma de combater a doença é conseguir o diagnóstico rápido, e a melhor maneira de obter esse resultado é o autoexame. Com a ideia de difundir a prevenção, surgiu a campanha Outubro Rosa, no qual as mulheres realizam o autoexame na mama  à procura de alguma anormalidade.

Os principais sinais e sintomas da doença são: caroço (nódulo), geralmente endurecido, fixo e indolor; pele da mama avermelhada ou parecida com casca de laranja, alterações no bico do peito (mamilo) e saída espontânea de líquido de um dos mamilos. Também podem aparecer pequenos nódulos no pescoço ou na região embaixo dos braços (axilas).

Apesar de não existir uma causa única para o surgimento do câncer de mama, especialistas recomendam a prática de atividade física e uma alimentação saudável, seguindo esses hábitos cerca  30% dos casos podem ser evitados, segundo o INCA.

Outubro Rosa

O movimento global começou na década de 90 nos Estados Unidos, onde estados promoviam ações isoladas referente ao câncer de mama. O primeiro deles foi Nova York, em 1990, quando o laço cor de rosa foi distribuído aos participantes da primeira Corrida pela Cura. Atualmente o laço rosa é o símbolo da campanha.

Com passar do tempo outras ações ficaram famosas, a principal delas foi a atitude de iluminar de rosa monumentos, prédios públicos, pontes e locais conhecidos. Essa prática se espalhou e chegou no Brasil em 2002, quando o Obelisco do Ibirapuera, em São Paulo, foi iluminado.

Atualmente diversas ações estão acontecendo em diversas cidades do mundo. Em São Paulo o Governo promove a exposição “Mulheres por inteiro”, produzida pela fotógrafa Diacuy Mesquita Piccione, em parceria com o Instituto Lado a Lado pela Vida.

A mostra apresenta imagens e frases de incentivo de 18 mulheres que foram diagnosticadas com câncer e estão em fase inicial ou final do tratamento da doença. A mostra permanece na estação o dia 30 deste mês.

 



Topo