Moradia popular e serviço de implante dentário foram as principais propostas da ZN

0
106

Na última quinta-feira (23) foi concluído a consulta popular para saber quais eram as prioridades para a cidade de São Paulo. Na Zona Norte, as proposta mais votadas foram sobre moradia popular e inclusão de serviço de implante dentário e aparelho odontológico nos CEOs.

A região que teve maior participação da Zona Norte foi o distrito de Santana/Tucuruvi, seguido de Jaçanã/Tremembé. Cada cidadão poderia votar em até 5 propostas. Confira as propostas prioritárias da Zona Norte:

Casa Verde/Cachoeirinha

  1. Criação da UBS Jardim Antártica e UBS Jardim Peri | 63 votos
  2. Inclusão de serviço de implante dentário e aparelho odontológico nos CEOs | 56 votos;
  3. Unidade de Saúde da Família para tender a população do Jardim Peri Alto | 51 votos;
  4. Criação do Conselho Tutelar de Vila Nova Cachoerinha | 49 votos;
  5. Serviço de Assistência Social à Família (Sasf) na região do Boi Malhado | 37 votos.

Jaçanã/Tremembé

  1. Construção de Habitação de Interesse Social e Moradia Popular na subprefeitura | 93 votos;
  2. Inclusão de serviço de implante dentário e aparelho odontológico nos CEOs | 51 votos;
  3. Aumentar os investimentos em iluminação pública | 45 votos;
  4. Mais verba para os Centros de Referência de Assistência Social (CRAS e CREAS) | 42 votos;
  5. Criar jardins de chuva no viário para reter a chuva e diminuir as enchentes | 33 votos.

Santana/Tucuruvi

  1. Construção de Habitação de Interesse Social e Moradia Popular na subprefeitura | 153 votos;
  2. Criar feiras e incentivos à comercialização de produtos orgânicos | 69 votos;
  3. Implantação de hortas urbanas em terrenos ociosos | 65 votos;
  4. Expansão do sistema de água e esgoto. Construir banheiros/bebedouros públicos | 59 votos;
  5. Ampliação do Programa Emergencial de Calçadas e obras relacionadas | 50 votos.

Vila Maria/Vila Guilherme

  1. Inclusão de serviço de implante dentário e aparelho odontológico nos CEOs | 51 votos;
  2. Criar jardins de chuva no viário para reter a chuva e diminuir as enchentes | 42 votos;
  3. Equipar com aparelhos audiovisuais salas de aulas e equipamentos da cultura | 40 votos;
  4. Levantamento de terrenos ociosos para implantação de hortas comunitárias | 38 votos;
  5. Ensino de música no contraturno escolar | 32 votos.

Apesar da moradia ter sido um dos destaques da Zona Norte, no cenário da capital paulista ela recebeu menos votos que os outros segmentos. As propostas mais votadas pelos moradores da cidade de São Paulo foram:

  • Saúde | 6.837 votos;
  • Meio Ambiente e Verde | 5.822 votos;
  • Saneamento | (4.549 votos);
  • Zeladoria Urbana e melhorias de bairro | 3.827 votos; e
  • Habitação | 3.533 votos.

A próxima fase é a gestão municipal analisar a possibilidade de viabilidade das propostas selecionadas pelos moradores da capital paulista. O Prefeitura tem até o dia 24 de agosto para dar uma resposta.

Logo após este prazo, a Prefeitura começará a elaborar o Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA). Esta fase está prevista para terminar no dia 30 de setembro.

Horta e alimentação segura

Cada ano que passa, a sustentabilidade e a produção de produtos orgânicos vem ganhando mais destaque entre os moradores da região. Em razão disso, chamou a atenção a aprovação de três propostas relacionadas ao tema, sendo ela a criação de hortas comunitárias, criação de feiras de produtos orgânicos e criação de jardins de chuva.

Reivindicações históricas

Na votação, algumas propostas que são reivindicações mais antigas dos moradores foram deixadas de lado, como o Parque Peruche que desde 1980 moradores cobram da gestão municipal a implementação da área.