Na busca por um novo treinador, São Paulo encara a desesperada Portuguesa

0
649

A tentativa de reconstrução do São Paulo começa nesta quarta-feira com um time modificado e sob comando do técnico interino contra a Portuguesa, às 22 horas, no estádio do Morumbi na capital, pela 15.ª e última rodada do Campeonato Paulista. Milton Cruz escala uma equipe com sete mudanças para tentar um bom resultado que consiga minimizar o estrago, enquanto a diretoria busca um novo treinador. Abel Braga e Vanderlei Luxemburgo, o favorito para ficar com o cargo, estão no páreo.

A principal alteração do São Paulo é Rogério Ceni. O goleiro será poupado e quem ganha chance é Renan Ribeiro, que vai estrear pelo clube na partida que representa a abertura de uma série de decisões. O time tricolor tem no fim de semana o Red Bull Brasil pelas quartas de final da competição. O adversário seguinte é o Danubio, no Uruguai, pela Copa Libertadores.

Como a diretoria trabalha com o prazo de que Milton Cruz deve ficar no cargo por até quatro partidas, o interino ainda pode ter a chance de dirigir o time na semifinal do Paulistão.

O São Paulo fez nesta terça-feira o último treino antes da partida pouco depois de Muricy Ramalho se reunir com o elenco para se despedir. O ex-treinador sai para cuidar de problemas de saúde e, no último contato com o grupo, abraçou os jogadores. “Ele foi até o limite dele e se está tomando essa decisão, a gente tem de entender”, disse o meia Michel Bastos, que será poupado.

Ao todo serão sete mudanças. Paulo Henrique Ganso também fica fora. No meio de campo, o trio Rodrigo Caio, Hudson e Thiago Mendes demonstrou bastante movimentação no coletivo desta terça-feira. De acordo com Michel Bastos, a equipe precisa de mais companheirismo em campo para poder superar a fase ruim.

Sobre o novo técnico, o São Paulo trabalha em três frentes para encontrar um treinador top. A saída de Muricy Ramalho faz a diretoria correr atrás de Abel Braga, por sugestão do antecessor de Vanderlei Luxemburgo, objetivo antigo do clube, e de um estrangeiro, sonho dos dirigentes.

Parte da cúpula pensa em um estrangeiro e o mais cotado é o argentino Alejandro Sabella, vice-campeão com a Argentina na Copa do Mundo de 2014. Porém, a mais forte opção é Vanderlei Luxemburgo. Atualmente no Flamengo, o técnico já dirigiu os outros grandes clubes de São Paulo.

Abel Braga está sem clube desde que saiu do Internacional, no ano passado, e tem no currículo os títulos da Libertadores e do Mundial de Clubes da Fifa, também pelo time gaúcho, em 2006. O nome dele foi o sugerido por Muricy Ramalho para ser anunciado como substituto.

fonte: Estadão Conteudo

foto: Site Oficial / saopaulofc.net