José Police Neto

José Police Neto | Novo comando na Câmara Municipal

Os vereadores paulistanos elegeram o novo comando da Câmara Municipal. A Mesa Diretora, que vai conduzir os trabalhos em 2019, será presidida por Eduardo Tuma (PSDB). Na condição de quem dirigiu o Legislativo municipal por dois anos e acompanhou as eleições de outubro ativamente e não como candidato, acredito que há lições preciosas e urgentes a serem incorporadas pelos vereadores, que chegam à metade de seu mandato. É uma oportunidade única para a reflexão e ajustes.

O pleito de outubro demonstrou a exigência da população por mudanças. Compete a nós, vereadores, reafirmar o compromisso por um parlamento cada vez mais atento à opinião da sociedade, comprometido com a transparência, eficiente ao produzir as respostas para os problemas da cidade e radicalmente austero ao lidar com os recursos públicos.

Os cidadãos elegeram a luta contra a corrupção como um de seus principais pontos de preocupação. É exigida de nós uma resposta vigorosa sobre isso, capaz de resgatar a imagem institucional da Câmara e mantê-la em uma posição de vanguarda compatível com a sua importância.

É necessário avançar na modernização das estruturas e procedimentos do Legislativo, buscando novas formas mais eficazes de propor e agir, capazes de incorporar ao processo de tomada de decisão a vibração de uma sociedade mais participativa e a realidade das redes sociais, amplificando e democratizando os processos para uma consulta mais efetiva da população.

Para se manter alinhada à evolução tecnológica, é preciso continuar avançando para que a Câmara aprimore a incorporação de novas tecnologias para dar agilidade, reduzir custos e diminuir o tempo de resposta aos cidadãos. Ao mesmo tempo, é urgente assegurar a ampliação do ambiente democrático e plural do Legislativo como representante de toda a sociedade. Garantir que a busca de consensos aprimore as decisões sem que seja um entrave à agilidade esperada na evolução da necessária reforma do Estado.

Com estas preocupações em mente, destaco algumas ações fundamentais para atender a esses objetivos, me comprometendo a trabalhar arduamente para implantá-las. Já as levei ao novo presidente, que sinalizou a disposição de adotar pelo menos parte delas, como digitalizar 100% do processo legislativo – barateando e aumentando a transparência na tramitação de projetos de lei –, valorizar as mídias digitais e redes sociais da Câmara – permitindo que a população participe de consultas formais – e estabelecer uma política permanente de incentivo à inovação tecnológica. Mas nada foi dito até agora sobre a primeira de minhas propostas: implantar a Comissão de Fiscalização e Controle, aprimorando os mecanismos para que o parlamento cumpra sua função de fiscalização da gestão e iniciando o debate sobre a necessidade ou não do Tribunal de Contas do Município. Não vou desistir de lutar pela implantação de todas as propostas citadas.

foto: Luiz França/CMSP


José Police Neto (PSD) exerce o quarto mandato de vereador em São Paulo e tem forte atuação na Zona Norte. Foi Secretário Municipal de Participação e Parceria de São Paulo, líder do governo Gilberto Kassab na Câmara Municipal e presidente da casa em 2011 e 2012.

Site: www.policeneto.com.br

Facebook: facebook.com/josepoliceneto

Instagram: instagram.com/@policeneto



Topo