Cultura e Lazer

Três vezes Raul: autor da zona norte lança novo livro sobre o Maluco Beleza

Dois anos depois de publicar a segunda leva de entrevistas com músicos e pessoas que conviveram próximas a Raul Seixas, o autor e morador da zona norte Leonardo Mírio lança um novo livro: Raul Seixas: Jamais me Revelarei é a terceira parte de uma “trilogia feita com sangue, suor e lágrimas”, nas palavras do autor. O livro será lançado neste sábado (8/12), com autógrafos, em um bar no bairro da Água Fria.

Com dezenas de entrevistados e novos depoimentos de personagens que apareceram nos livros anteriores – Raul Nosso de Cada Um (2015) e Raul Seixas e o Eco de Suas Palavras (2016) –, a nova rodada de conversas traz mais detalhes de um quebra-cabeça que é cada vez mais ambulante. “Ele permanecerá para sempre um mistério, um eclipse, um ser enigmático que souber chegar onde queria, nunca deixando de romper com as fronteiras das quais se deparou”, escreve Mírio.

“É preciso entrar em contato.
Até uma outra vez e,
quem sabe, em todas as dimensões”
(Bruno Viterbo, na orelha do livro
Raul Seixas: Jamais me Revelarei)

Quem leu os livros anteriores vai Se deparar com histórias sob novas perspectivas: um show problemático, uma andança pelas ruas de São Paulo – “Ele era um anjo ou um Exu”, afirma o músico Tony Osanah sobre Raul ser um “andarilho” –, as conversas nas várias casas onde viveu… Há os misticismos envolvendo a figura do Maluco Beleza, as reflexões – “Eu nasci com a resistência em ter paciência para me aturar”, disse Raul em conversa com Paulo Coelho – e a construção do mito por parte dos fãs.

Nesta nova parte da trilogia, entrevistas com pessoas que conviveram fora do meio musical ou pessoal de Raul Seixas ganham mais destaque, como as experiências em centros de reabilitação por meio de relatos de médicos e psicólogos, e até mesmo de religiosos. Fãs, que tiveram raras oportunidades de estar perto de Raul também estão no livro.

Os relatos dão (mais uma, entre tantas) dimensão do que foi o artista. Mesmo os que tiveram raras passagens com ele podem oferecer relatos e visões aprofundadas. Há, claro, aqueles com profundo conhecimento e passagens (ainda mais) surpreendentes, como Sylvio Passos, de histórias que se fundem – mas sempre há algo mais no ar… “Ele veio para este mundo para combater as imperfeições […] Ele não se permitia entrar neste mundo vazio e hipócrita que a gente vive. […] O grande recado da obra de Raul é construir nosso próprio destino”, afirma o radialista André Barbosa Filho.

Jamais me Revelarei contrapõe histórias por meio das entrevistas, com versões de um mesmo fato, mas visto por pessoas e óticas diferentes. Uns falam que ele era uma pessoa tranquila no estúdio, outros não: “rebelde, indisciplinado” ou mesmo entorpecido pelo álcool ou drogas. Mas, geralmente, sempre bem-humorado ou, mais ainda, “[…] Um ser humano absurdamente com uma qualidade perto de Deus”, João Paulo Almeida, músico.

Informações
Lançamento do livro Raul Seixas: Jamais me Revelarei, de Leonardo Mírio e show do músico Capote Strelado – especial Toca Raul
Onde: Bar BodeQuim (Av. Água Fria, 1.381)
Quando: Sábado (8/12), às 20h
Livros (à venda no local): Raul Nosso de Cada Um (R$ 35), Raul Seixas e o Eco de Suas Palavras (R$ 38) e Raul Seixas: Jamais me Revelarei (R$ 40). Saiba como adquirir em facebook.com/raulnossodecadaum.

Leia mais

Autor da Zona Norte publica livro com histórias de Raul Seixas

Entrevista com Leonardo Mírio, em 2015

Novo livro continua a montar o quebra-cabeça chamado Raul Seixas

Três vezes Raul: autor da zona norte lança novo livro sobre o Maluco Beleza


Topo