Pesquisa revela que brasileiro mudou a jeito de morar durante a pandemia

0

Residir próximo do local de trabalho deixou de ser uma preferência dos brasileiros no momento de procurar um novo imóvel. É o que mostra um levantamento feito pela plataforma QuintoAndar, que apontou uma queda de 42% nesse pré-requisito. Já aspectos como economia e tranquilidade obtiveram um aumento de 13% e 7% respectivamente.

O home office, adotado por muitas empresas e profissionais por conta da pandemia, se mostrou um dos principais fatores para essa mudança no perfil de procura por um imóvel. Além disso, de acordo com o estudo, o trabalho remoto mostrou ser o responsável por 78% das intenções de busca por imóveis no interior e 65% no Litoral.

O isolamento social trazido pela pandemia, obrigou as pessoas a passarem mais tempo em suas residências, por isso cada vez mais pessoas estão buscando novas maneiras de morar, levando em conta conforto e tranquilidade.

“Acredito que as cidades do interior ganharam relevância por conta desses fatores – explica Dante Seferian, CEO da Danpris, construtora da região metropolitana especializada em condomínios de médio padrão e econômicos, “é nítido que o foco agora não está apenas nas grandes metrópoles e dividiu-se para as cidades menores também. Tomo como exemplo, o Maxim Home Clube, que recentemente a Danpris lançou em Itu, um empreendimento com oito torres, 752 unidades com metragens que variam entre 45 m² e 66 m², quadras de esportes, pistas de cooper e de bicicleta, piscina aquecida coberta e descoberta com tobogã, salão de festas equipado, churrasqueira, além de um coworking especialmente pensado para atender a essa demanda dos trabalhadores em home office e que teve uma aceitação muito positiva do mercado”, enfatiza.

Itu fica a 100 quilômetros da capital paulista e hoje pode ser considerada um refúgio para quem busca qualidade de vida sem se descuidar dos afazeres corporativos, já que pode conciliar as tarefas e cuidar da família. A grande vantagem de se morar longe dos grandes centros, além do sossego do interior, é o custo de vida mais baixo. Com forte atuação em Osasco também, região metropolitana da capital paulista, a Danpris oferece empreendimentos enquadrados no Plano Casa Verde Amarela e próximos às vias de acesso de rodovias e aos principais modais de transporte coletivo