Polícia Civil encontra relatório com 30 músicas inéditas de Renato Russo

0
34

A Polícia Civil do Rio de Janeiro encontrou, nesta segunda-feira (26), um relatório com 30 canções inéditas do músico Renato Russo, que foi vocalista da banda Legião Urbana.

As músicas foram encontradas durante operação Será, realizada pelo Delegacia de Repressão contra a Propriedade Imaterial (DRCPIM) na manhã de hoje. O material estava em equipamentos do dono de um estúdio de gravação, que fica em Botafogo, na Zona Sul do Rio. Segundo a polícia, o estúdio prestou serviços para uma gravadora que teria sido utilizada por Renato Russo nos últimos anos de sua vida.

Segundo o delegado Maurício Demétrio, responsável pela investigação, na análise do material apreendido, os agentes encontraram 30 versões nunca lançadas oficialmente.

“Foi feito um serviço, a pedido de uma gravadora, e há menções de canções e versões de canções inéditas. E a gente tem que confrontar dono do direito autoral, que é o filho do Renato Russo, para ver se ele tinha conhecimento desse material que está no caixa-forte de uma gravadora”, disse Demétrio;

As investigações começaram após Giuliano Manfredini, filho do cantor, procurou a polícia denunciando que trabalhos inéditos do pai estavam sendo escondidos por empresários. O crime apurado é de violação de direitos autorais.

Renato Russo morreu em 1996, vitima de AIDS.