Polícia interrompe baile funk em mansão na Zona Norte

0
48
Reprodução: G1

A Polícia Militar interrompeu uma festa com mais de 150 pessoas, drogas, bebidas e música alta na tarde do último domingo (25) no Bairro Pedra Branca, na Zona Norte de São Paulo. A ação foi realizada em conjunto com a Vigilância Sanitária do Estado de São Paulo e subprefeitura de Santana.

Segundo informações do portal G1, a operação ocorreu após várias reclamações de moradores do entorno da mansão, que fica perto de dois abrigos para idosos. Segundo moradores, o local sediava festas constantemente.

O organizador do evento chegou a fugir do local, mas foi detido e autuado por infringir medida sanitária preventiva durante a pandemia de Covid-19. Os frequentadores do baile funk não usavam máscara, nem respeitavam qualquer tipo de distanciamento social.

Em depoimento, o organizador do evento, Thiago Matheus Franco Lima, o Barone, disse que “não houve a intenção de descumprimento de qualquer mandamento legal”.

A PM, que já tinha conhecimento do evento antecipadamente, chegou a pedir para os organizadores que cancelassem a festa, mas o pedido não foi atendido.

A Subprefeitura expediu multa para o proprietário da casa, que alugava o imóvel por R$ 15 mil por mês.

Através de nota, a Vigilância Sanitária do Estado de São Paulo disse que, em conjunto com vigilância municipal, “fiscalizaram uma casa de eventos na Zona Norte de SP e realizaram autuações por não uso da máscara e aglomeração, além de situações de fornecimento de bebida alcoólica a menores de idade e descumprimento a lei antifumo. As multas ainda estão nos prazos de recursos, portanto os respectivos valores ainda estão em processamento”.