Gastronomia

Pratos que não podem faltar nas Ceias de final de ano

A poucos dias das festas de final de ano, e com o delicioso clima natalino no ar, bate aquela preocupação: como preparar a ceia de Natal e do Réveillon deste ano?

A ceia tem o significado de banquete eterno e união da família. É uma festa em que familiares e amigos se reúnem para fazer a refeição em uma data especial, assim como Cristo reuniu seus apóstolos na Santa Ceia.

Em registros históricos, consta que os europeus tinham um antigo costume de deixar as casas abertas no dia de Natal para receber viajantes e peregrinos e, juntos, confraternizarem com a data. Uma grande variedade de pratos era preparada para esta comemoração e com o passar dos anos essa tradição se espalhou pelo mundo, cada país acrescentando alguma particularidade. Confira, abaixo, algumas sugestões de cardápio para auxiliar na sua Ceia:

Petiscos

Em pontos estratégicos do ambiente disponha algumas vasilhas contendo um mix de castanhas portuguesas, nozes, amêndoas, figos, amendoins, castanhas-do-pará, avelãs, damascos e tâmaras. Pequenos salgados também são bem-vindos: canapés, bruschetta, bolinho de bacalhau, empadas, dentre outros.

Entradas

Saladas de folhas, tomates recheados, maionese de legumes, tabule, terrine de atum e salpicão de frango são algumas das opções.

Pratos principais e acompanhamentos

Para a ceia tradicional, alguns pratos são praticamente obrigatórios: peru, lombo recheado, chester, tender e pernil. Para acompanhar, arroz com amêndoas, farofa natalina, arroz com lentilhas, dentre outros. Quem gosta de peixes, pode optar por cuscuz de camarão e até mesmo bacalhau ao forno.

Sobremesas

Frutas da época – pêssego, ameixa e uva – são sempre bem-vindas. Quanto aos doces, o tradicional panetone, bolo de nozes, rabanadas, bolo rei, pudim de frutas cristalizadas e charlotte francesa, além do sorvete – excelente opção para o clima quente desta época do ano.

Bebidas

Bom vinho e champanhe gelados devem ser acomodados em um recipiente com gelo – evite colocá-los na geladeira ou no congelador. Outras opções de bebidas também não podem faltar: cervejas, uísque, sucos, refrigerantes e água. Sirva também alguns coquetéis como, por exemplo: Coquetel de Champanhe com Frutas, Alexander, dentre outras. Reserve uma mesinha auxiliar para o café, licores e conhaque.

Réveillon

Já para a ceia de Ano-Novo os destaques são o bacalhau, os peixes e os frutos do mar que são pratos leves, de fácil preparo e que agradam a grande maioria dos convidados. Para acompanhar, arroz branco e saladas de folhas.

A lentilha, diz a crença popular, é sinal de boa sorte. No Brasil é comum a crença de que esse alimento deve ser o primeiro a ser consumido na Ceia, logo após a meia noite, para que não falte dinheiro durante o ano que está chegando. Frutas como uvas ou romã também são conhecidas por trazerem sorte, simbolizam fartura e fertilidade. Alguns dizem que ao dar meia-noite, deve-se comer doze uvas, uma para cada mês do ano e, enquanto estiver comendo, faça um pedido!

E finalmente, para brindar a virada, um item que não pode faltar é o espumante, que pode variar entre os secos ou doces, brancos ou rosés. Um brinde ao novo ano que começa!

fotos: Pixabay



Topo