Prefeitura anuncia 100 novos leitos para pacientes com suspeita de Covid-19

0
502

Nesta quarta-feira (25) a Prefeitura anunciou parcerias com empresas Ambev, Gerdau e o Hospital Israelita Albert Einstein para a construção de 100 novos leitos para pacientes com suspeita de infecção pelo novo coronavírus (Covid-19) numa unidade anexa ao Hospital Municipal M’Boi Mirim – Dr. Moysés Deutsch.

A parceria se soma com a instalação de outros 2 mil leitos provisórios que estão sendo implementados no Anhembi e no Pacaembu. A maior parte ficará no Complexo do Anhembi com 1.800 leitos. Já o estádio do Pacaembu irá abrigar 200 leitos.

De acordo com a gestão municipal, os primeiros 40 leitos do hospital de M’Bom Mirim serão entreguem daqui dois dias. A unidade será finalizada até o fim do mês de abril. Após o fim da pandemia do Covid-19, a nova unidade será incorporada à operação do Hospital Municipal M’Boi Mirim.

O futuro equipamento possuirá capacidade de expansão para até 200 leitos. Aproximadamente 500 profissionais multidisciplinares de saúde, que integram a equipe do Hospital Israelita Albert Einstein, serão deslocados para a nova unidade, que contará com atendimento 24h.

Leitos de UTI em Brasilândia

Na mesma declaração, o prefeito afirmou que a gestão municipal irá antecipar a implementação de 150 novos leitos de cuidados intensivos exclusivos para pacientes infectados pelo novo coronavírus, no Hospital da Vila Brasilândia.

CEU RECEBERÃO LEITOS DE UTI

Além da medida anunciada hoje, na quinta-feira (19) prefeito Covas também tinha declarado que os 44 Centro Educacional Unificado (CEU) irão receber mais de 490 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

A decisão serve para atender pacientes que tenham contraído Covid-19. A capital paulista possui atualmente 505 leitos de UTI na rede médica municipal.