Prefeituras Regionais

Prefeitura de Santana fecha o cerco contra locais irregulares

No início do mês, o hipermercado Extra, localizado no número 535 da Avenida Coronel Sezefredo Fagundes, foi interditado. Os clientes e moradores que passavam pela região, sem saber dos problemas, estranharam o estabelecimento estar fechado. 

Porém, o local já atravessa problemas burocráticos há algum tempo. Com isso, a Prefeitura Regional de Santana/Tucuruvi interditou o hipermercado em 7 de março. Agora, uma semana depois, a administração local bloqueou outro local da região: um estacionamento ao lado do terminal rodoviário Tietê.

O Extra da Sezefredo Fagundes já enfrentava problemas de documentação. De acordo com a regional, o estabelecimento pediu uma licença para construir um novo espaço, em 2012. A Prefeitura solicitou documentos referentes a alvarás de engenharia, arquitetura e meio ambiente. Mesmo sem fornecer a documentação, o estabelecimento construiu a outra parte. O hipermercado chegou a pedir uma licença de funcionamento, mas a Prefeitura negou a solicitação.

Ainda de acordo com a regional, a Prefeitura notificou o hipermercado em outras oportunidades, mas o Extra obteve liminares no Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo que permitiram seu funcionamento. A liminar foi cassada, e a prefeitura regional, pela força da lei, interditou.

Uma semana depois, outra interdição: um estacionamento ao lado do terminal Tietê, na Rua Voluntários da Pátria, foi alvo dos fiscais. De acordo com nota enviada pela regional, “a interdição do estabelecimento foi devido à falta de auto de licença de funcionamento, além de causar incomodidade devido aos shows realizados sem autorização da Prefeitura Regional”. No espaço, além do estacionamento, funciona a Urban Stage, casa de shows.

“O estacionamento vem sofrendo ação fiscalizatória desde 2014 e tiveram prazos para regularizar e não cumpriram, assim a Prefeitura Regional agiu em conformidade com a lei. Com apoio da Guarda Civil Metropolitana e Policia Militar, a fiscalização da Prefeitura Regional Santana/Tucuruvi bloqueou todas as entradas com malotões, deixando somente uma saída para os veículos que se encontram no local”, encerra a nota da administração local.

“O trabalho de interdição de locais irregulares é um dever de ofício. Estou apenas cumprindo a minha missão”, afirmou Rosmary Correa, administradora local de Santana/Tucuruvi.

fotos: Divulgação/Assessoria de Comunicação Prefeitura Regional Santana/Tucuruvi

Topo