Prefeitura de São Paulo começa a vacinar moradores de rua maiores de 60 anos nesta sexta

0
39

 

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), anunciou que os moradores em situação de rua com mais de 60 anos começarão a ser vacinados contra a Covid-19 a partir desta sexta-feira (12).

“A partir de amanhã começaremos a vacinação de 2,2 mil moradores em situação de rua com mais de 60 anos. Foi uma solicitação do MP e da Defensoria que a prefeitura vai atender por meio da rede que faz visitação, seja nos abrigos municipais, seja nas ruas”, disse.

A Prefeitura atendeu a uma solicitação do Ministério Público e da Defensoria Pública e planeja aplicar 2,2 mil vacinas no grupo incluído entre as prioridades

Serão vacinados tanto os moradores de abrigos municipais como os que vivem nas ruas. Covas diz que o público-alvo é de 2.200 pessoas.

De acordo com a Prefeitura de São Paulo, de abril a dezembro de 2020, 351 pessoas em situação de rua foram diagnosticadas com Covid-19 e 32 morreram.

A inclusão dos moradores de rua com mais de 60 anos no programa de imunização ocorre no momento em que a cidade de São Paulo inicia uma nova etapa de vacinação, com a aplicação da primeira dose em idosos de 85 a 89 anos.

O número de vacinados na faixa acima de 90 anos superou a previsão da prefeitura.

“Aqui o SUS é porta aberta, as pessoas que estão procurando estão sendo vacinadas. É normal, você vai ver gente de fora. Aqui na cidade não vamos fechar portas de UBS e continuamos assim. Quem não vacinou acima dos 90 anos, pode ficar tranquilo, tem vacina para tomar”, afirmou Bruno Covas.