Gente que Faz

Programa Guri ensina música gratuita para crianças e jovens

Não é surpresa para ninguém que a música está presente na vida de todas as pessoas desde a gestação e é um fator determinante na construção social dos indivíduos, nas mais diversas épocas, culturas e sociedades.

De fato, não conseguiríamos imaginar a vida sem música. Mesmo porque a música não está ligada somente a notas, melodias e harmonias. A música está ligada diretamente conosco, em sentimentos, pensamentos e ações. Música faz bem para a alma e todos gostam.

Quando aplicada no contexto educacional, a música faz com que o aluno desenvolva sua criatividade, sua subjetividade e sua autonomia. Os benefícios se expandem ainda mais, quando a música se torna uma prática de inclusão social e de formação da cidadania.

Seguindo esta linha, surgiu, em 2008, o Programa Guri, realizado a partir de uma iniciativa da Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo, gerido pela Santa Marcelina – Organização Social de Cultura.

Por meio da educação musical de qualidade e serviço de atendimento social, o programa oferece a estudantes de 6 a 18 anos uma oportunidade real de crescimento cultural e inclusão social, apostando na plena capacidade do aluno, oferecendo não apenas uma rede de apoio, mas principalmente, desafios e ferramentas para que os alunos cresçam por mérito próprio e conquistem seu lugar na sociedade.

Os jovens podem escolher desde iniciação musical até cursos mais avançados em canto e instrumentos, podendo optar por violão, violino, viola, violoncelo, contrabaixo, flauta, clarinete, saxofone, trompa, trompete, trombone, tuba, percussão, contrabaixo elétrico e guitarra, entre tantos outros. Os cursos têm duração de dois a quatro anos. A formação varia de música popular até erudita.

O programa também oferece aulas de canto e atualmente mantém dez grupos musicais infanto-juvenis formados por seus alunos. São Cameratas de Violões, Coral Juvenil, Orquestra de Cordas e Orquestra Sinfônica do Guri.

Quer estudar música no Guri em 2019?

Então, programe- se! As matrículas acontecem entre 16 e 30 de janeiro e as vagas são distribuídas nos 46 polos da capital e da Região Metropolitana.

Para participar do Programa Guri não é preciso ter conhecimento musical prévio, basta gostar de música e ter vontade de aprender. Para fazer a inscrição, é necessário comparecer ao polo em que deseja estudar, durante o período de matrículas, acompanhado por um responsável legal. As inscrições são feitas por ordem de chegada. Portanto, quanto antes você comparecer ao polo, maior a chance de garantir sua vaga!

O único pré-requisito para estudar no Guri é que o aluno esteja matriculado em uma escola regular e tenha entre 6 e 18 anos. Todos os cursos são gratuitos. As aulas começam no dia 4 de fevereiro.

As aulas do Guri Santa Marcelina acontecem em polos de ensino espalhados pela Grande São Paulo. Cada polo tem uma rotina de funcionamento própria, com dias, horários e cursos específicos. Recomendamos que você procure o polo mais próximo da sua casa e entre em contato para saber quais cursos são oferecidos e em quais dias e horários as aulas são ministradas.

Em alguns polos, o período de matrícula pode ocorrer em data diferenciada. Entre na página www.gurisantamarcelina.org.br/estude-musica/polos-de-ensino e confira o mapa!

Os responsáveis precisam comparecer ao polo com os seguintes documentos: cópia da certidão de nascimento ou RG do aluno; comprovante de matrícula escolar e/ou declaração de frequência escolar; cópia do RG do responsável; e apresentação do comprovante de endereço para consulta.

foto: Divulgação/Gustavo Morita



Topo