Programa que vai contratar mães para ajudar em escolas recebe 91 mil inscrições

0
14

O programa da Prefeitura de São Paulo que vai contratar 5 mil mães de alunos da rede pública municipal para trabalhar nas escolas como agentes de protocolos de saúde contra o coronavírus recebeu 91.783 inscrições.

As mães contratadas serão responsáveis por aferir a temperatura dos estudantes na entrada, higienização dos equipamentos de uso coletivos, além de fiscalizar o cumprimento das medidas de distanciamento e uso correto da máscara e do álcool gel.

O público-alvo do projeto são mulheres desempregadas. Elas vão receber um salário de R$ 1.155 mensais por 30 horas semanais de trabalho divididas em 24 horas de atividades nas frentes de trabalho e seis para cursos de qualificação profissional.

Cada uma das unidades da rede municipal de ensino deverá manter três mulheres contratadas para o projeto.

As vagas serão distribuídas entre unidades educacionais espalhadas pelas 13 Diretorias Regionais de Ensino (DREs). A secretaria de Educação reforçou que essas mulheres não substituirão os trabalhadores efetivos ou terceirizados que atuam nas unidades educacionais.

Segundo a Secretária Municipal de Educação da cidade de São Paulo, o investimento  no projeto total será de R$ 34,7 milhões.

As inscrições começaram na terça-feira (16) e se encerraram na quarta-feira (17).