Gente que Faz

Projeto social cuida de cães nas ruas de São Paulo

No relacionamento homem e animal, o cão não se importa se seu dono reside em uma mansão ou na rua, qual a sua religião ou a cor de sua pele. Cuidado: carinho e respeito são o suficiente para conquistar a confiança dele. E, em retribuição aos cuidados, o cão está sempre disposto a acompanhar o humano. Muitas vezes a ligação é tão forte que, se o dono adoece, o cão fica ao pé da cama esperando-o levantar.

Em 2015, o fotógrafo Edu Leporo criou o projeto “Moradores de Rua e Seus Cães” (MRSC), uma ação que em tão pouco tempo já conquistou adeptos em quatro cidades do Brasil: São Paulo, Belo Horizonte, Natal e Vila Velha. “A ideia surgiu quando eu fotografava pets no estúdio. Foi então que fiquei com a pulga atrás da orelha para ver como eram as histórias dos moradores em situação de rua e seus fiéis escudeiros, os cachorros”, diz Edu.

Sobre o projeto

O fotógrafo explica que iniciou com pouca ajuda, porém com perseverança, e hoje já está em sua 30ª edição, realizando uma ação por mês. O projeto faz parcerias com médicos veterinários e empresas do ramo pet. “Como não dá para separar o cão do ser humano, fazemos também doações de roupas e calçados para os moradores de rua, oferecemos café da manhã e distribuímos kits de higiene. E, o mais importante: damos atenção e carinho a essas pessoas”, relata o fotógrafo.

Segundo Edu, em cada evento são atendidas, em média, 300 pessoas e 40 cães. Hoje, o projeto conta com 12 voluntários fixos e ONGs parceiras. Para os humanos, a Kombosa Solidária oferece café da manhã completo, e o Banho de Amor leva um truck com chuveiros de água quente e distribui kits com itens de higiene pessoal. Já os cães ganham um delicioso banho quentinho no Pet Móvel, cuidados veterinários como vacinas e vermifugação, além de ração e artigos pet.

Além das ações nas ruas, o MRSC já publicou um livro de fotos e histórias (o segundo já está em andamento), e realizou exposições fotográficas em alguns locais, como o Museu da Imagem e do Som (MIS). A ideia agora é expandir o projeto para outras cidades e estados, conquistar uma sede para a ONG, e viajar o Brasil levando a exposição fotográfica e palestra. “Nosso intuito é usar a arte para abrir os olhos, corações e mentes para o voluntariado e o bem ao próximo”, diz Edu.

Moradores da Zona Norte podem aproveitar para conhecer o trabalho da ONG na exposição que acontece no Shopping Santana Parque, até o dia 10 de setembro. “E é assim que estamos mudando não só o nosso futuro ou o futuro dos moradores de rua, mas estamos mudando o futuro do nosso País: respeitando o próximo com ações carregadas de amor e solidariedade”, finaliza o idealizador do projeto.

Para quem deseja ajudar o MRSC, pode colaborar pelo link: www.vakinha.com.br/vaquinha/moradores-de-rua-e-seus-caes-acoes. Ou fazer doações pelo Banco Itaú, agência 0660, c/c: 09444-2, CNPJ 30.147.584/0001-93.

Site: www.moradoresderuaeseuscaes.com.br

Instagram: @moradoresderuaeseuscaes


Exposição “Moradores de Rua e Seus Cães” – Santana Parque Shopping

Período: De 15 de agosto a 10 de setembro

Local: Piso 2 (em frente à loja Hope)

Endereço: Rua Conselheiro Moreira de Barros, 2780 – Santana

Informações: 2238-3002


A próxima ação de rua do MRSC será no dia o2 de setembro, às 10h na Praça do Patriarca.



Topo