Reunião marca transição do Casarão Vila Guilherme para a Secretaria de Cultura

0
1184

::: Ana Cláudia Sacomani

O Jornal SP Norte vem retratando ao longo de suas edições o destino do Casarão da Vila Guilherme, localizado na Rua Coronel Jordão junto à Praça Oscar da Silva. O espaço faz parte do Programa de Metas da Prefeitura, cujo principal objetivo é torná-lo equipamento público.

Na terça-feira (3/5), uma reunião extraordinária foi marcada pelo Conselho Participativo Municipal, em parceria com a Subprefeitura Vila Maria/Vila Guilherme, para anunciar a transição da Casa de Cultura da Zona Norte para a Secretaria Municipal de Cultura.

060516_reuniao casarao vila guilherme

A novela parece estar chegando ao fim. Porém, segundo Renato Almeida, Coordenador de Núcleo das Casas de Cultura da cidade, a data ainda não foi confirmada. “A expectativa é que a inauguração aconteça no final do mês de maio após a Virada Cultural, marcada para os dias 21 e 22 de maio”.

Na ocasião, o Coordenador falou sobre a recuperação das casas de cultura na cidade e das reformas emergenciais do equipamento, que em breve se transformará em Casa de Cultura.

Almeida afirmou que as obras praticamente estão prontas. Foram contemplados o telhado, forro, calhas, a rede elétrica, pintura interna e externa, instalação de proteção contra raios, restauros, acessibilidade e serviços de água e esgoto.

“Revitalizar e transformar espaços em casas de cultura é uma das principais demandas do Prefeito Fernando Haddad, desde o início da sua gestão em 2013”, ressaltou.

Após sua explanação, perguntas foram abertas para o público presente na reunião.

Questionado sobre as equipes de limpeza e segurança Almeida disse que “haverá um aditamento no contrato em relação às demais casas de cultura onde será aberta uma licitação para contratação de empresas especializadas”.

Outros temas foram discutidos, como a criação de uma sala de cinema e os atuais critérios para o agendamento das oficinas e das atividades do local. Na oportunidade, a Conselheira Kamila Gomes ressaltou a importância de organizar com critérios qualquer tipo de atividade no espaço.

Participaram também da reunião a Supervisora de Cultura da Subprefeitura Vila Maria/Vila Guilherme, Maria Luiza Paiva Rodrigues, o Coordenador do Conselho Participativo Municipal da região, Edson Tadeu Marin, a Chefe de Gabinete, Elizabeth Tavares, demais conselheiros e a comunidade.

As casas de cultura funcionam como locais de entretenimento onde há várias atividades como oficinas, teatros, salas de literatura, música, entre outros.

Verba

Atendendo às reivindicações da população e do Conselho Participativo, o Prefeito Fernando Haddad liberou a verba e determinou ao Subprefeito da Vila Maria/Vila Guilherme, Gilberto Rossi, durante vistoria no dia 27 de março de 2015, a realização das obras. A verba estimada em R$ 1,5 milhão seria para as reformas emergenciais como telhado, forro, janelas entre outras.

O Casarão construído na década de 1920 abrigou inicialmente o Grupo Escolar Vila Guilherme, primeira escola da região, e, em seguida, o terreno virou sede da administração regional da Vila Maria/Vila Guilherme. Com a criação das subprefeituras, o número de funcionários aumentou e o órgão transferiu-se para outro endereço.